Concurso Prefeitura Veranópolis Encerrado

Orgão: Prefeitura Veranópolis
Nº vagas: 34
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Vários cargos, Professor, Fonoaudiologo, Auxiliar de atividades escolares
Áreas de Atuação: Administrativa, Educação
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico
Faixa de salário: De R$ 1546,64 Até R$ 4214,54
Estados com Vagas: RS
Cidades: Veranópolis - RS

Publicado em 11/10/2016, às 14h23 - Atualizado em 06/01/2021, às 23h00


Concurso Prefeitura de Veranópolis, no Estado do Rio Grande do Sul, divulgou edital para preencher 34 vagas e formar cadastro reserva em cargos que exigem ensino médio e superior. As inscrições serão feitas em dois dias, dia 28 e 29 de dezembro via e-mail. As vagas são destinadas a candidatos com escolaridade de ensino médio e superior. Os salários variam de R$ 1.546,64 a R$ 4.214,54. As inscrições são gratuitas

 

Mais informações:

 

  • Distribuição das vagas
  • Atribuições dos cargos
  • Acompanhamento

 

Distribuição de vagas

Professor de Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental (18 vagas); Professor de Anos Finais do Ensino Fundamental - Língua Portuguesa (3); Professor de Anos Finais do Ensino Fundamental - Matemática (1); Professor de Anos Finais do Ensino Fundamental - Língua Inglesa (1); Professor de Anos Finais do Ensino Fundamental - Ciências (2); Professor de Anos Finais do Ensino Fundamental - História (2); Professor de Anos Finais do Ensino Fundamental - Geografia (1); Professor de Anos Finais do Ensino Fundamental - Artes (2); Pedagogo (1); Fonoaudiólogo (1); Auxiliar de Educação Infantil (1); Monitor de Alunos Especiais - Libras (1).

 

Atribuições dos cargos

FONOAUDIOÓLOGO: Desenvolver trabalho de prevenção no que se refere à área de comunicação escrita e oral, voz e audição; participar de equipes de diagnóstico, realizando a avaliação da comunicação oral e escrita, voz e audição; realizar terapia fonoaudiológica dos problemas de comunicação oral e escrita, voz e audição; realizar o aperfeiçoamento dos padrões da voz e fala; colaborar em assuntos fonoaudiológicos ligados a outras ciências; projetar, dirigir ou efetuar pesquisas fonoaudiológicas promovidas por entidades públicas, privadas, autárquicas e mistas; dirigir serviços de fonoaudiologia em estabelecimentos públicos, privados, autárquicos e mistos; supervisionar profissionais e alunos em trabalhos teóricos e práticos de fonoaudiologia; assessorar órgãos e estabelecimentos públicos autárquicos, privados ou mistos no campo de audiofonologia; participar de Equipe de Orientação e Planejamento Escolar, inserindo aspectos preventivos ligados a assuntos fonoaudiológicos, dar parecer fonoaudiológico, na área de comunicação oral e escrita, voz e audição; realizar outras atividades afins.

AUXILIAR EDUCAÇÃO INFANTIL: Atender global e permanentemente grupos de crianças, segundo orientações recebidas; auxiliar professores na aplicação de programas, psicopedagógicos, mantendo em harmonia o trabalho desenvolvido com as crianças; valorizar e ajudar a desenvolver as capacidades considerando as necessidades das crianças: corporais, afetivas, emocionais, estéticas e éticas, na perspectiva de contribuir para formação de crianças felizes e saudáveis; estar comprometido com a criança, dando-lhe atenção e cuidados necessários para o crescimento e desenvolvimento, compreendendo sua singularidade; acompanhar, junto com professores e direção da escola, a aprendizagem dos alunos no que se refere à elaboração e registro dos relatórios de avaliação; cumprir horário determinado pela escola, atendendo às necessidades da mesma; participar de encontros, cursos, palestras e reuniões visando a atualização que propicie o aprimoramento de seu desempenho profissional; realizar higiene individual das crianças e providenciar a higiene do ambiente físico e dos materiais, segundo as normas estabelecidas; administrar alimentos; executar as atividades lúdicas programadas e oportunizar recreação livre às crianças; cumprir as demais atribuições determinadas na Proposta Pedagógica- Administrativa da escola; executar outras tarefas correlatas.

MONITOR DE ALUNOS ESPECIAIS – LIBRAS: Promover a acessibilidade e atendimento a necessidades específicas do aluno no âmbito da acessibilidade às comunicações e da atenção aos cuidados pessoais de alimentação, higiene, locomoção e aprendizagem. Prestar auxílio individualizado ao aluno que não realiza atividades com independência; Ser dinâmico, buscando soluções quando necessário – atuando de forma articulada com os professores do aluno público alvo da educação especial, da sala de aula comum, da sala de recursos multifuncional, entre outros profissionais no contexto da escola; Promover a interação deste aluno com os demais colegas da turma e da escola como um todo; Contribuir na garantia da segurança, integridade física e emocional do aluno, seus colegas e professores; Auxiliar o professor com os demais colegas da turma sempre que o mesmo esteja realizando um atendimento individualizado ao aluno com NEE; Assegurar ao aluno a participação em todas as atividades com igualdade de oportunidade, permitindo o acesso proporcionado aos demais colegas, de forma a atingir a real inclusão; Manter sigilo ético; Participar da formação  continuada, proposta pela SMEC;  Buscar cursos de aperfeiçoamento constantemente, para melhor atender as diferentes demandas que se apresentarem na sala de aula. Executar tarefas afins.

COORDENADOR PEDAGÓGICO: Ser um agente formador, articulador e transformador no ambiente escolar. Assessorar no planejamento do Projeto Pedagógico da Educação Municipal; Propor medidas visando ao desenvolvimento dos aspectos qualitativos do ensino; Participar de projetos de pesquisa de interesse do ensino; Participar da elaboração, execução e avaliação de projetos de treinamento, visando à atualização do Magistério; Integrar o colegiado escolar, atuar na escola, detectando aspectos a serem redimensionados, estimulando a participação do corpo docente na identificação de causas e na busca de alternativas e soluções; Participar da elaboração do Plano Integrado da Escola, do Regimento Escolar e das Grades Curriculares;  Participar da distribuição das turmas e da organização da carga horária; Acompanhar o desenvolvimento do processo de ensino e de aprendizagem; Participar das atividades de caracterização da clientela escolar; Participar da preparação, execução e avaliação de seminários, encontros, palestras e sessões de estudo; manter-se atualizado sobre a legislação do ensino, prolatar pareceres; Participar de reuniões técnico-administrativo-pedagógicas na escola e nos demais órgãos da Secretaria Municipal de Educação; Integrar grupos de trabalho e comissões; Coordenar reuniões específicas; Planejar, junto com a Direção e professores, a recuperação paralela de alunos; Participar no processo de integração família-escola-comunidade; Participar da avaliação global da escola; Exercer função de diretor ou vice-diretor, quando nela investido.

 

Acompanhamento

+++ A equipe JC Concursos apresenta o resumo do Concurso Prefeitura Veranópolis (RS) nesta página. O conteúdo programático e as atribuições na íntegra podem ser conferidos no edital abaixo, disponível entre os anexos.

 

 


Cronograma

Abertura das inscrições
Abertura de inscrições
28/12/2020
Encerramento das inscrições
Encerramento de inscrições
29/12/2020
Prova
Análise de Currículos
30/12/2020
Divulgação do Resultado05/01/2021

Notícias do concurso Prefeitura Veranópolis

Edital e Anexos

Abertura (11/10/2016) Edital I Concurso Prefeitura de Veranópolis
Abertura (11/10/2016) Edital II Concurso Prefeitura de Veranópolis
Abertura (23/12/2020) Edital Concurso Prefeitura de Veranópolis

Provas Prefeitura Veranópolis

Nenhuma prova encontrada

Sobre Prefeitura Veranópolis

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas