Concurso TJ RO 2021 Previsto

Orgão: TJ RO
Nº vagas: 218
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnicos e Analistas
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 5397,00 Até R$ 8223,00
Estados com Vagas: RO

Publicado em 14/12/2020, às 09h33 - Atualizado em 15/06/2021, às 14h17


O concurso TJ RO  (Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia)  já  foi oficialmente autorizado e conta com comissão formada. Já está certo que a seleção será para 218 vagas, sendo 43 para servidores efetivos e 175 para contratação de temporários. No caso dos efetivos serão 30 para o cargo de técnico judiciário, que pede apenas ensino médio, e 13 para analistas judiciários, para quem possui formação de  nível superior. Para os técnicos, a remuneração inicial, atualizada, é de R$ 5.397,24 e para técnicos, R$ 8.223,41. A banca já está definida e será a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Concurso TJ RO: saiba mais sobre a seleção

O novo  concurso TJ RO (Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia) já conta com banca organizadora definida. De acordo com publicação em diário oficial nesta quarta-feira, 31 de março, a escolhida é a Fundação Getúlio Vargas (FGV), por dispensa de licitação. Com isto, o próximo passo é a assinatura do contrato, que deve ocorrer nos próximos dias. Somente então poderá ser confirmada a data de publicação do edital de abertura de inscrições.  

Ao todo serão oferecidas 218 oportunidades, sendo 43 para cargos efetivos e 175 para temporários. No caso dos efetivos serão 30 para o cargo de técnico judiciário, que pede apenas ensino médio, e 13 para analistas judiciários, para quem possui formação de  nível superior. Para os técnicos, a remuneração inicial, atualizada, é de R$ 5.397,24 e para técnicos, R$ 8.223,41. 

As 13 vagas de analistas serão distribuídas por diversas áreas, da seguinte forma: administrador (1), analista de sistemas (1), assistente social (1), biblioteconomista (1), economista (1), enfermeiro (1), engenheiro eletricista (1), estatístico (1), médico do trabalho (1), médico psiquiatra (1), oficial de justiça (1), pedagogo (1) e psicólogo (1)

As vagas serão para a comarca de Porto Velho. Porém, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão, caso surjam necessidades nas demais comarcas poderá ser utilizada a lista de aprovados da classificação geral. 

Além disso, "as provas deverão ser realizadas na capital do Estado de Rondônia (Porto Velho) e nas cidades de Ariquemes, Buritis, Cacoal, Costa Marques, Guajará-Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Machadinho d’Oeste, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé, Vilhena, Buritis, Costa Marques, Guajará-Mirim, Machadinho d’Oeste e São Francisco do Guaporé podendo o candidato fazer as provas em quaisquer das comarcas aqui citadas, possibilitando assim, uma ampla concorrência entres candidatos interessados em participar do certame. Com intuito de aumentar a concorrência, as provas de nível médio e de nível superior serão aplicadas em horários distintos, sendo as provas objetivas e discursivas".

É importante ressaltar que, mesmo antes da autorização, o certame já contava com comissão organizadora formada, desde 14 de dezembro. Na ocasião, foi determinado um prazo de 180 dias para o início do certame, ou seja, até 14 de junho.

Concurso TJ RO:  contratações temporárias

Além das vagas efetivas, o novo concurso TJ RO contará com 175 oportunidades para contratações temporárias.  Neste caso serão 150 de nível técnico, para apoio técnico da central de processos eletrônicos, e 25 para analstas de nível superior.

As contratações, neste caso, devem ocorrer em regime especial e a expectativa é de que ocorram de forma mais rápida que os postos efetivos, para atender necessidades temporárias de interesse público.

De acordo com comunicado do órgão" as contratações temporárias serão apenas para atividades não ordinárias ou que sejam afetadas pela mudança de contexto social, econômica ou tecnológica que evidencie não ser vantajosa a contratação de servidores efetivos. Em outras palavras, rotinas em processo de transformação, que podem ser descontinuadas nos próximos anos e que que não justificariam a contratação definitiva de pessoal para sua execução, ou ainda desenvolvimento de novas ferramentas de tecnologia da informação" 

No caso desse tipo de contratação, segundo o órgão, o processo poderá ser mais rápido, já que o processo seletivo não depende de aplicação de provas, apenas de análise de currículo.

O Processo Seletivo Simplificado será constituído de uma única etapa, análise curricular e de títulos, de caráter eliminatório e classificatório. Na análise curricular serão avaliadas as competências, habilidades, nível de escolaridade; experiência acumulada; cursos de atualização, conhecimentos específicos, para cada função.

Concurso TJ RO: veja dicas de preparação emocional


Notícias do concurso TJ RO 2021

Provas TJ RO

Nenhuma prova encontrada


Comentários

Mais Lidas