Concurso Correios Encerrado

Orgão: Correios
Nº vagas: 35
Taxa de inscrição: R$ 17
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 603,66 Até R$ 2916,03
Organizadora: ESPP

Publicado em 09/05/2008, às 10h41 - Atualizado em 16/06/2019, às 06h00



Cronograma

Abertura das inscrições
Abertura das inscrições - São Paulo
18/04/2008
Abertura das inscrições
Abertura das inscrições - Ceará e Minas Gerais
28/04/2008
Encerramento das inscrições
Encerramento das inscrições - São Paulo
02/05/2008
Encerramento das inscrições
Encerramento das inscrições - Ceará e Minas Gerais
09/05/2008
Prova
Aplicação das provas - São Paulo
01/06/2008
Prova
Aplicação da prova - Ceará e Minas Gerais
08/06/2008
Divulgação do Resultado
Estimativa
08/06/2009

Notícias do concurso Correios

Edital e Anexos

Abertura (17/04/2008) Edital - Minas Gerais
Abertura (17/04/2008) Edital - Ceará

Provas Correios

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
Correios Agente dos Correios - Operador de Triagem e Transbordo
CESPE UNB
2011 Prova / Gabarito
Correios Agente dos Correios - Auxiliar de Enfermagem do Trabalho
CESPE UNB
2011 Prova / Gabarito
Correios Agente dos Correios - Atendente Comercial
CESPE UNB
2011 Prova / Gabarito
Correios Agente dos Correios - Carteiro
CESPE UNB
2011 Prova / Gabarito
Correios Técnico em Segurança no Trabalho
CESPE UNB
2011 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Provas ESPP

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
Desenbahia Analista de Projetos
ESPP
2014 Prova / Gabarito
Desenbahia Analista de Sistemas
ESPP
2014 Prova / Gabarito
Desenbahia Analista de Desenvolvimento
ESPP
2014 Prova / Gabarito
Desenbahia Arquiteto
ESPP
2014 Prova / Gabarito
Desenbahia Analista de Suporte
ESPP
2014 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Sobre Correios

Os Correios tiveram sua origem no Brasil em 25 de janeiro de 1663, com a criação do Correio-Mor no Rio de Janeiro, então capital da Colônia. Em 1931 o decreto 20.859, de 26 de dezembro de 1931 funde a Diretoria Geral dos Correios com a Repartição Geral dos Telégrafos e cria o Departamento dos Correios e Telégrafos. A ECT foi criada a 20 de março de 1969, como empresa pública vinculada ao Ministério das Comunicações mediante a transformação da autarquia federal que era, então, Departamento de Correios e Telégrafos (DCT). Nos anos que se seguiram, vários serviços foram sendo incorporados ao portfólio da empresa.

Além dos tradicionais serviços de cartas, malotes, selos e telegramas, entre os novos serviços podem ser destacados os pertencentes à família Sedex, serviço de encomendas expressas. Impulsionados pelas mudanças tecnológicas, econômicas e sociais, os Correios iniciaram em 2011 um profundo processo de modernização. Com a sanção da Lei 12.490/11, a empresa teve seu campo de atuação ampliado e foi dotada de ferramentas modernas de gestão corporativa para enfrentar a concorrência. Com a nova lei, os Correios podem atuar no exterior e nos segmentos postais de serviços eletrônicos, financeiros e de logística integrada; constituir subsidiárias, adquirir controle ou participação acionária em empresas já estabelecidas e firmar parcerias comerciais que agreguem valor a sua marca e a sua rede de atendimento.

Ao todo são mais de cem produtos e serviços oferecidos pela maior empregadora do Brasil (no início de 2008 com mais de 109 mil empregados próprios, além dos terceirizados), sendo a única empresa a estar presente em todos os municípios do país, com uma vasta rede de unidades próprias e franqueadas. Diversos dos produtos e serviços da ECT podem ainda ser adquiridos pela internet.


Comentários

Mais Lidas