Procuradoria da República forma cadastro de estudantes

A bolsa-auxílio paga aos selecionados será de R$ 800 – para jornada diária de quatro horas. Também será pago auxílio-transporte.

Redação
Publicado em 04/05/2012, às 15h50

A Procuradoria da República no Estado do Amapá abre processo seletivo para formação de cadastro reserva de estagiários de nível superior da área de direito.  Os aprovados preencherão as vagas que se tornarem disponíveis durante o período de validade da seleção (seis meses) - podendo ser prorrogado uma única vez pelo mesmo período.

A bolsa-auxílio paga aos selecionados será de R$ 800 – para jornada diária de quatro horas. Também será pago auxílio-transporte.

Os interessados nas vagas devem checar se sua instituição de ensino é conveniada com o órgão; ter concluído, pelo menos, 40% da carga horária ou dos créditos do curso de graduação; e não ter previsão de concluir o curso no 2º semestre deste ano.

O estágio deverá ser desenvolvido durante o período de expediente externo da Procuradoria (das 12h às 19h).

As inscrições devem ser feitas via internet, por meio do site da instituição (www.prap.mpf.gov.br) até o dia 11 de maio.

Para confirmar o procedimento, o universitário deve comparecer até esse mesmo dia, das 12h às 18h, na sede da Procuradoria – localizada na rua Jovino Dinoá, nº 468, Jesus de Nazaré, Macapá. Nesse momento deverão apresentar os seguintes documentos: originais do documento de identidade e da declaração de escolaridade ou do histórico escolar – nesse documento deve estar expressa a carga horária já cumprida pelo estudante e a comprovação de que ele já concluiu pelo menos 40% dos créditos do curso superior; laudo médico (no caso de pessoas com deficiência) e declaração específica de opção para participar da seleção pelo Sistema de Cotas para Minorias Étnico-Raciais (se for o caso).

O órgão sugere que os candidatos também doem 400g de leite em pó integral (em lata ou pacote) ou 1kg de alimento não perecível (exceto sal), que serão revertidos a uma entidade filantrópica.

Luana Almeida

Comentários

Mais Lidas