MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Auxílio de R$ 2.500 para inscritos no CadÚnico. Saiba quem pode receber

Governo do Rio Grande do Sul está implementando auxílio emergencial no valor de R$ 2.500 para famílias inscritas no CadÚnico que crumprirem critérios

Homem segura celular aberto com aplicativo do Cadastro Único
Homem segura celular aberto com aplicativo do Cadastro Único - Divulgação JC Concursos
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 12/09/2023, às 17h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Um novo auxílio emergencial no valor de R$ 2.500 está sendo implementado por um Estado do país para famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). No entanto, para receber o benefício é necessário o cumprimento de alguns critérios. 

O benefício em implementação pelo governo do Rio Grande do Sul é destinado para as pessoas afetadas pelas inundações provocadas pelo ciclone extratropical que devastou a região. 

A proposta de lei foi encaminhada para assembleia legislativa do Estado após os desastres naturais no mês de junho. No momento, as inscrições estão sendo conduzidas pelas equipes de Assistência Social municipais, os dados serão avaliados pelo governo para identificar beneficiários que preencham os requisitos.   

+ Descubra novos valores do INSS, Pis/Pasep e seguro-desemprego em 2024

Novos benefícios 

O presidente interino Geraldo Alckmin, no último domingo (10) acompanhado pelo governador Eduardo Leite, visitou as áreas impactadas pelas fortes chuvas, com destaque para as cidades de Roca Sales e Muçum, no qual as chuvas causaram danos significativos, deixando famílias completamente desabrigadas. 

Durante essa visita, o governo federal anunciou um novo compromisso de repassar um montante de R$ 741 milhões para as regiões afetadas. Além disso, as famílias que sofreram com o desastre, mas não perderam suas casas, será disponibilizado um benefício no valor de R$ 700. 

O governo estadual do RS também lançou o programa "Volta por Cima", para ofertar suporte financeiro aos atingidos por desastres naturais na região. Relatório recente da Defesa Civil estadual aponta para o total de 3.798 de desabrigados e 11.642 deslocadas de suas residências. 

Antecipação do Bolsa Família, BPC e Saque-Calamidade 

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, anunciou que o governo federal irá disponibilizar 1.500 unidades habitacionais para os municípios em estado de calamidade pública.

Uma nova portaria será em breve publicada no Diário Oficial da União para incluir essas novas áreas nas ações de assistência do governo. O número de vítimas fatais causadas pelas chuvas que afetaram o Rio Grande do Sul na semana passada aumentou para 47, e ainda há 46 pessoas desaparecidas. No total, 3.130 pessoas foram resgatadas e 224 ficaram feridas.

Como parte das medidas de apoio às famílias afetadas, o governo federal também anunciou a antecipação dos pagamentos do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), além de disponibilizar um saque de calamidade no valor de R$ 6.220, que poderá ser efetuado por meio da Caixa Econômica Federal.

+Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.