MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Calendário de pagamentos do Bolsa Família em novembro: veja quando será liberado

Confira o calendário de pagamentos do Bolsa Família para novembro e saiba mais sobre o programa de auxílio às famílias em situação de vulnerabilidade social

Pessoa segurando cartão do Bolsa Família
Pessoa segurando cartão do Bolsa Família - Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/11/2023, às 09h34

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Você sabe quando vai receber o seu Bolsa Família em novembro? O JC Concursos organizou o calendário de pagamentos do programa, que beneficia milhões de famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade social. 

O Bolsa Família é pago nos últimos dez dias úteis de cada mês, de acordo com o número final do NIS (Número de Identificação Social) do titular do benefício. Em novembro, os pagamentos começam no dia 17, para quem tem o NIS final 1, e terminam no dia 30, para quem tem o NIS final 0. Veja as datas completas abaixo:

  • NIS final 1 - 17 de novembro
  • NIS final 2 - 20 de novembro
  • NIS final 3 - 21 de novembro
  • NIS final 4 - 22 de novembro
  • NIS final 5 - 23 de novembro
  • NIS final 6 - 24 de novembro
  • NIS final 7 - 27 de novembro
  • NIS final 8 - 28 de novembro
  • NIS final 9 - 29 de novembro
  • NIS final 0 - 30 de novembro

Bolsa Família: como foi o pagamento outubro

O valor do Bolsa Família varia conforme a composição e a renda da família. Em outubro, o benefício médio foi de R$ 688,97, atendendo a 21,45 milhões de famílias. O programa conta com diferentes modalidades de pagamento, como o Benefício Primeira Infância, que paga R$ 150 por criança de zero a seis anos, o Benefício Gestante, que paga R$ 150 por gestante durante nove meses, e o Benefício Variável Jovem, que paga R$ 100 por adolescente de sete a 18 anos incompletos. 

O Bolsa Família é um programa que visa combater a pobreza e a desigualdade no Brasil, garantindo renda mínima e acesso à educação, saúde e assistência social às famílias beneficiárias. Para participar do programa, é preciso se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e ter renda per capita mensal de até R$ 178. As famílias devem cumprir algumas condicionalidades, como manter a frequência escolar das crianças e adolescentes e o calendário de vacinação em dia. 

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.