MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Censo 2022: Brasil tem mais mulheres que homens em todas as regiões; confira os números

Dados do Censo Demográfico 2022 divulgados pelo IBGE apontam que Brasil tem mais mulheres que homens em todas as regiões; Saiba mais

Brasil tem mais mulheres que homens
Brasil tem mais mulheres que homens - Agência Brasil
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 27/10/2023, às 11h40

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Pela primeira vez em cinco décadas, as mulheres são maioria em todas as grandes regiões do Brasil. A Região Norte, que antes era a única exceção, agora também tem mais mulheres que homens.

De acordo com o Censo Demográfico 2022, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país tem uma população de 203,1 milhões de habitantes, dos quais 104,5 milhões são mulheres (51,5%) e 98,5 milhões são homens (48,5%).

Essa mudança é resultado de uma série de fatores, incluindo a maior expectativa de vida das mulheres, as taxas de mortalidade masculina mais altas e o aumento da migração feminina para as cidades.

No Brasil, as mulheres vivem, em média, 79,1 anos, enquanto os homens vivem 72,6 anos. Isso significa que há mais mulheres sobreviventes, especialmente em idade avançada.

As taxas de mortalidade masculina também são mais altas do que as taxas de mortalidade feminina em todas as faixas etárias. Isso ocorre devido a fatores como violência, acidentes e doenças crônicas.

O aumento da migração feminina para as cidades também contribui para o aumento da proporção de mulheres na população brasileira. As mulheres são mais propensas a migrar para as cidades em busca de oportunidades de trabalho e educação.

A mudança na composição demográfica do Brasil tem implicações significativas para a sociedade. Por exemplo, as mulheres são mais propensas a viver mais e a serem mais saudáveis. Elas também são mais propensas a participar da força de trabalho e a serem responsáveis pelos cuidados com a família.

+ Novo grupo recebe Auxílio Gás de R$ 106 nesta sexta-feira; Confira calendário

Rio tem maior proporção de mulheres 

De acordo com o Censo, divulgado pelo IBGE, o Rio de Janeiro é o estado com a maior proporção de mulheres no Brasil. A razão de sexo do estado é de 89,4 homens para cada 100 mulheres, o que significa haver 52,8% de mulheres na população.

Em números absolutos, o Rio de Janeiro tem 16,1 milhões de habitantes, dos quais 8,5 milhões são mulheres e 7,6 milhões são homens. Na sequência, os estados com maior proporção de mulheres são o Distrito Federal (52,3%), Pernambuco (52,3%), Sergipe (52,1%) e Alagoas (52,1%).

O Mato Grosso é o estado com a maior proporção de homens, com uma razão de sexo de 101,3 homens para cada 100 mulheres. Isso significa haver 50,3% de mulheres na população. Além do Mato Grosso, apenas outros três estados têm predomínio masculino na população: Roraima (50,3%), Tocantins (50,3%) e Acre (49,8%).

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.