MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Cerca de 700 mil famílias serão incluídas no programa Bolsa Família em março

Hoje (24), o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, confirmou que cerca de 700 mil novas pessoas vão começar a receber o Bolsa Família em março

Pessoa segura cartão do Bolsa Família e notas de reais
Pessoa segura cartão do Bolsa Família e notas de reais - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/02/2023, às 21h19

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Governo Federal trabalha para incluir no Bolsa Família as pessoas que têm direito à ajuda financeira mensal de, pelo menos, R$ 600, mas hoje estão de fora do programa de transferência de renda. Hoje (24), o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, confirmou que cerca de 700 mil serão incluídas já em março.

Essas novas famílias vão começar a receber o benefício social porque o MDS vai excluir outras 1,5 milhão que embolsam a grana de forma irregular. São famílias com renda acima do limite legal para atendimento e, entre elas, cerca de 400 mil são de cadastros unipessoais.

Ou seja, são pessoas que informaram no Cadastro Único que moram sozinhas quando, na verdade, fazem parte de uma família que já recebe o Bolsa Família, que se chamava Auxílio Brasil até o início deste ano. Quem fez o cadastro de forma incorreta pode pedir a exclusão de forma voluntária por meio do aplicativo do Cadastro Único.

De acordo com Dias, até a manhã desta sexta-feira, 2.265 pessoas pediram para sair do programa por não preencherem os requisitos. “É um gesto de honestidade e acho que mais gente poderia copiar”, ressaltou o ministro.

++Milionária sorteia prêmio de 29 milhões neste sábado; Saiba como concorrer

Critérios para receber o Bolsa Família

O Bolsa Família é destinado às famílias que estão na linha da extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 100 por pessoa, ou em situação de pobreza, com renda entre R$ 100,01 e R$ 200 por pessoa. Nesse último caso, a família precisa ter gestante ou filhos com até 21 anos incompletos para receber.

O pagamento é feito todo mês, em geral, nos últimos 10 dias úteis do mês e a ordem de depósito segue o dígito final do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário. O prazo para usar o dinheiro é de 120 dias.

Depois disso, a grana volta para a conta do governo. Quem tiver dúvidas pode fazer uma consulta no aplicativo Caixa Tem ou ligar para a central de atendimento da Caixa, no número 111. Caso tenha dúvidas sobre o cadastro ou sobre o pagamento, o cidadão pode ligar para o Ministério do Desenvolvimento, no telefone 121.

+Dinheiro extra: moradores DESTAS cidades podem sacar uma bolada; Veja como

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.