MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Elon Musk suspende compra do Twitter; Saiba o motivo

No final de abril, Elon Musk anunciou que tinha comprado o Twitter por US$ 44 bilhões, cerca de R$ 208 bilhões de reais. Este foi um dos maiores acordos da história

Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 13/05/2022, às 10h46

Elon Musk e logo do Twitter
Elon Musk e logo do Twitter - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Na manhã desta sexta-feira (13), o bilionário Elon Musk anunciou a suspensão da compra do Twitter. De acordo com ele, a suspensão foi realizada para a equipe dele analisar as informações sobre contas falsas na rede social. 

O anúncio foi feito no próprio Twitter, em que Musk citou que aguarda mais dados que comprovem que menos de 5% dos usuários da plataforma são de usuários com perfis falsos. Cerca de duas horas depois, ele fez outro post para tranquilizar alguns seguidores dizendo que “ainda está comprometido com a compra”.

"O acordo do Twitter está temporariamente suspenso, à espera de detalhes que sustentem o cálculo de que contas falsas e de spam representam de fato menos de 5% dos usuários", escreveu Musk ao compartilhar uma reportagem da agência de notícias Reuters publicada no início de maio.

Como foi a compra do Twitter?

No dia 25 de abril, Musk comprou o Twitter por US$ 44 bilhões, cerca de R$ 208 bilhões de reais. Na época, foi estimado um pagamento de US$ 54,20 por cada ação da rede social. O acordo de compra da plataforma foi um dos maiores da história. 

O preço é 38% maior do que o fechamento das ações em 1º de abril, último dia antes de Musk divulgar uma participação significativa na empresa, quando comprou cerca de 9% das ações por US$ 2,89 bilhões. Esse movimento gerou desconforto nos acionistas do Twitter, que ofereceram um cargo no conselho de administração a ele, mas não foi aceito.

O negócio foi aprovado por unanimidade pelo conselho da empresa e deve ser concluído ainda este ano. Musk garantiu US$ 25,5 bilhões em financiamento de dívida e empréstimo de margem e que fornecerá cerca de US$ 21 bilhões em patrimônio para financiar o acordo, segundo o comunicado.

Durante a sua participação em um evento TED, Musk disse que a aquisição do Twitter tinha relação com a liberdade de expressão. Ele destacou que os algoritmos da rede social deveriam ser de código aberto, aumentando a transparência do funcionamento da plataforma.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.