MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Entenda o impacto do calor no corpo humano em meio a tragédia no show de Taylor Swift

Jovem morreu após passar mal em meio a altas temperaturas no show da estadunidense no Brasil. Veja algumas das principais maneiras pelas quais o corpo reage a altas temperaturas

Jovem morreu após passar mal em meio a altas temperaturas do show de Taylor Swift no Rio
Jovem morreu após passar mal em meio a altas temperaturas do show de Taylor Swift no Rio - Reprodução de Vídeo/Twiiter/Netflix
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 18/11/2023, às 12h47

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Com a tragédia ocorrida durante o show de Taylor Swift no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, na última sexta-feira (17), onde a universitária Ana Clara Benevides Machado, de 23 anos, morreu após passar mal em meio a altas temperaturas, torna-se crucial compreender o impacto do calor no corpo humano.

Em dias de calor extremo, como os registrados no Rio de Janeiro, com uma máxima de 39,1°C, o corpo enfrenta desafios significativos para manter sua temperatura interna estável, resultando em potenciais riscos à saúde. No caso de Ana Clara, a desidratação e o estresse térmico podem ter contribuído para sua condição crítica.

A desidratação, um dos efeitos mais comuns do calor excessivo, ocorre quando o corpo perde mais líquidos do que consegue repor. Esse desequilíbrio pode levar a uma série de complicações, incluindo a falência de órgãos. A proibição de garrafas d'água no evento e a escassez de oferta de água no estádio podem ter agravado a situação, como indicaram alguns relatos.

Além da desidratação, o estresse térmico, resultado da incapacidade do corpo de dissipar o calor excessivo, pode levar a condições mais graves, como a hipertermia. A alta temperatura ambiente, somada à aglomeração de pessoas e à falta de acesso adequado à hidratação, pode ter contribuído para a condição crítica que Ana Clara enfrentou durante o show.

Como o corpo reage a altas temperaturas?

O corpo humano é dotado de mecanismos complexos para regular a temperatura interna e responder às variações térmicas, especialmente em situações de altas temperaturas. Essa regulação é essencial para manter o funcionamento adequado das funções biológicas.

Veja algumas das principais maneiras pelas quais o corpo reage a altas temperaturas:

  • Suor: Uma das respostas mais evidentes é a produção de suor pelas glândulas sudoríparas. O suor evapora na superfície da pele, retirando calor do corpo e proporcionando resfriamento.
  • Vasodilatação: Os vasos sanguíneos na pele se dilatam, aumentando o fluxo sanguíneo para a superfície. Isso facilita a transferência de calor do corpo para o ambiente.
  • Respiração: O corpo pode aumentar a frequência respiratória, permitindo maior troca de calor através da respiração. A evaporação da água nas vias respiratórias também contribui para o resfriamento.
  • Busca por sombra e redução da atividade física: Em situações de calor intenso, as pessoas instintivamente procuram ambientes mais frescos e reduzem a atividade física para evitar o superaquecimento.
  • Sensação de sede: Aumento da sensação de sede estimula a ingestão de líquidos, auxiliando na manutenção da hidratação e no resfriamento interno.
  • Redução do metabolismo: Em algumas circunstâncias, o corpo pode ajustar temporariamente o metabolismo, reduzindo a produção interna de calor.
  • Aumento da irradiação térmica: Em ambientes mais quentes, o corpo pode aumentar a perda de calor por meio da radiação térmica.

Apesar desses mecanismos adaptativos, em condições extremas, como em temperaturas muito elevadas ou em ambientes de alta umidade, o corpo pode sobrecarregar esses sistemas, levando a problemas como desidratação, insolação e até mesmo falência de órgãos em casos extremos.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.