MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

'Estava sem água para beber', diz brasileiro em Gaza após receber ajuda do governo federal

Brasileiros que aguardam a abertura da fronteira com o Egito receberam ajuda humanitária da embaixada do Brasil. A assistência incluiu a compra de água, alimentos e outros itens essenciais

Hasan Habee mora em São Paulo e foi visitar a família em Gaza
Hasan Habee mora em São Paulo e foi visitar a família em Gaza - Arquivo Pessoal/Frame de Vídeo
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 17/10/2023, às 13h29

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Em meio aos conflitos na Faixa de Gaza, brasileiros que aguardam a abertura da fronteira com o Egito receberam ajuda humanitária da embaixada do Brasil. A assistência incluiu a compra de água, alimentos e outros itens essenciais. A área foi atingida por um ataque aéreo enquanto parte do grupo fazia compras em um mercado.

Alguns brasileiros estão abrigados em uma residência alugada pela embaixada brasileira na cidade de Rafah, próxima à fronteira com o Egito. Shahed Al-Banna, de 18 anos, uma das brasileiras na região, agradeceu o apoio do povo brasileiro e da embaixada brasileira. Ela relatou o momento em que uma bomba caiu perto do supermercado onde estavam fazendo compras, documentando o ataque em vídeo.

Outro brasileiro, Hasan Habee, de 30 anos, naturalizado brasileiro e residente em São Paulo, recebeu alimentos e água na residência onde está hospedado na cidade de Khan Yunis. “Muito tempo a gente estava sem água para beber. Obrigado governo do Brasil, embaixador do Brasil, equipe da embaixada que conseguiu mandar para nós a alimentação, bebida, bastante água, dá para bastantes dias. A gente estava louco para beber água boa”, disse. 

+++ O que é corredor humanitário? Lula faz pedido ao presidente de Israel

População em Gaza está sofrendo com a escassez de água, eletricidade e alimentos

O Ministério das Relações Exteriores informou que o escritório de representação do Brasil em Ramala, na Palestina, tem mantido contato direto com os brasileiros e fornecido assistência psicológica. O embaixador do Brasil no local, Alessandro Candeas, destacou que o envio de recursos permitiu a compra de água, alimentos e remédios. 

"Isso nos dá mais tempo e tranquilidade até que seja aberta a fronteira e eles possam sair”, completou

A população da Faixa de Gaza enfrenta um cerco de Israel, sofrendo com a escassez de água, eletricidade e alimentos. A ONU alertou que a falta de água representa um risco grave para a saúde da população, enfatizando a necessidade urgente de acesso a recursos hídricos.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.