MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Fiocruz começa a fornecer combinação de medicamento que facilita tratamento do HIV/aids

Novo medicamento que combina dois antirretrovirais em um único comprimido. Chegada do farmacêutico no SUS é uma importante conquista para o sistema de saúde brasileiro

Novo medicamento é um avanço significativo na luta contra o HIV/aids
Novo medicamento é um avanço significativo na luta contra o HIV/aids - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/10/2023, às 21h16 - Atualizado às 21h20

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz) começou a fornecer ao Sistema Único de Saúde (SUS) um novo medicamento que combina dois antirretrovirais em um único comprimido. A combinação do dolutegravir 50mg e do lamivudina 300mg é indicada para o tratamento de adultos e adolescentes com mais de 12 anos de idade e peso mínimo de 40 kg.

O novo medicamento é uma importante conquista para o SUS, pois torna o tratamento do HIV/aids mais simples, seguro e eficaz. A combinação de dois medicamentos em um único comprimido facilita a adesão ao tratamento, um dos principais desafios no manejo da doença.

A produção do novo medicamento é fruto de uma parceria entre Farmanguinhos/Fiocruz, a farmacêutica ViiV Healthcare Company e a GlaxoSmithKline (GSK). A parceria prevê o desenvolvimento, transferência de tecnologia e o fornecimento do medicamento, dando autonomia para uma produção totalmente nacional.

O fornecimento pelo SUS é um importante avanço na luta contra o HIV/aids. O medicamento contribui para melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem com a doença e aumenta as chances de cura.

Novo medicamento é um avanço significativo na luta contra o HIV/aids

A combinação de dois medicamentos em um único comprimido torna o tratamento mais simples, seguro e eficaz. Isso facilita a adesão ao tratamento, um dos principais desafios no manejo da doença.

O novo medicamento também é uma importante conquista para a indústria farmacêutica brasileira. A transferência de tecnologia para Farmanguinhos/Fiocruz permitirá que o instituto produza o medicamento de forma independente. Isso é importante para a segurança e a soberania do sistema de saúde brasileiro.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.