MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Governo SP libera R$ 450 milhões para pagar bônus a professores, com média de R$ 2,4 mil

Saiba como o governo de São Paulo está pagando R$ 450 milhões em bônus a professores da rede estadual com média de R$ 2,4 mil

Governo SP libera R$ 450 milhões para pagar bônus a professores, com média de R$ 2,4 mil
Freepik
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 07/10/2023, às 18h06

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta terça-feira (6), a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) anunciou o pagamento de R$ 450 milhões em bônus a 181,7 mil para professores e outros profissionais da área da educação que atuam na rede estadual de ensino, abrangendo mais de 5 mil escolas e órgãos administrativos. A média dos bônus que serão pagos aos trabalhadores é de R$ 2,4 mil.

Essa bonificação é concedida com base nos resultados alcançados pela rede de ensino durante o ano letivo de 2022 e está vinculada ao desempenho obtido no Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) e no Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo (Idesp).

Além das notas obtidas pelos estudantes na avaliação estadual, o Idesp também leva em consideração outros indicadores, incluindo o fluxo escolar, que avalia os índices de aprovação e reprovação dos alunos.

Alterações do pagamento de bônus para 2024

A partir de 2024, as regras para a concessão dos bônus serão diferentes. Os pagamentos terão como base os resultados da educação paulista no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), além de considerar as condições estruturais das escolas e o perfil das unidades e alunos matriculados.

O Ideb é um índice nacional calculado com base nos resultados das provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e nos dados de aprovação escolar.

O secretário da Educação, Renato Feder, enfatiza a importância dessa mudança, afirmando que "queremos ter a melhor educação do Brasil, precisamos estabelecer metas com base na comparação com os resultados de outras redes estaduais do país".

“Em São Paulo, o Idesp é muito importante para balizar as nossas ações a nível estadual, a fim de garantir a melhor educação para os nossos alunos. Mas, se queremos ter a melhor educação do Brasil, precisamos estabelecer metas com base na comparação com os resultados de outras redes estaduais do país, por isso a nova regra para que o bônus seja calculado a partir do Ideb”, afirmou Feder.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.