MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Inflação no Reino Unido bate recorde, mas será que ela é maior que a brasileira? Confira

Veja um comparativo da inflação e taxa de juros do Reino Unido com o Brasil, que bateu um recorde negativo dos últimos 40 anos

Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 20/07/2022, às 10h32

None
Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A inflação do Reino Unido bateu a sua maior taxa dos últimos 40 anos, que foram provocadas pelo aumento considerável nos preços da gasolina e dos alimentos. A guerra no leste europeu intensificou a crise dos britânicos que já estava sendo ensaiada após a recuperação econômica pós-covid. 

De acordo com a Agência Nacional de Estatísticas do Reino Unido, a inflação anual dos preços ao consumidor subiu de 9,1% para 9,4% em junho. Essa taxa é a maior desde fevereiro de 1982. O mercado financeiro do país esperava uma taxa de inflação um pouco mais baixa, na casa dos 9,3%. 

Mesmo com a inflação mais alta desde os anos 1980, ela é ainda mais baixa que a brasileira neste momento. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o IPCA acumulado (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), considerada a inflação oficial do país, dos últimos 12 meses cresceu de 11,73% para 11,89%. Portanto, mais de dois pontos percentuais acima da britânica. 

A agência de notícias Reuters aponta que a leitura atual da taxa de inflação do Reino Unido é a maior do Grupo dos Sete desde 1985. O Grupo dos Sete reúne os países mais ricos do mundo. 

Mas, e os juros?

Por causa dos fortes aumentos nos preços, o Banco Central britânico optará por um aumento de 0,50 ponto percentual em agosto, que seria o maior desde 1995. Com isso, o indicador deve subir de 1,25% para 1,75%. Os membros do BoE (Bank of England ou Banco da Inglaterra) afirmam que devem agir "energicamente" se necessário.

O aumento nos juros é uma estratégia econômica para segurar o crescimento da inflação. Com os juros mais altos, o consumo tende a diminuir e provocar uma redução gradual nos preços. 

Ao comparar com a situação brasileira, a taxa de juros inglesa está muito baixa. Na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), os dirigentes promoveram a décima primeira alta consecutiva da taxa básica de juros, Selic. Com isso, ela foi de 12,75% para 13,25%. 

Em agosto de 2020, o Brasil teve uma taxa de juros próxima da britânica, quando teve a menor da história em 2%. Contudo, em virtude da reabertura gradual do comércio e dos serviços durante a pandemia, iniciou um forte avanço da inflação e o Banco Central brasileiro começou a agir para aumentar a taxa de juros para tentar segurar os preços até chegar ao patamar atual. 

No último Boletim Focus, que reúne as projeções do mercado financeiro, os analistas preveem uma Selic no final de 2022 ainda maior. A expectativa é que ela feche o ano em 13,75 ao ano. 

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.