MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Israel pode utilizar técnica com água do mar contra o Hamas na Faixa de Gaza

Hamas, que afirmou ter escondido prisioneiros em túneis, é o alvo principal dessa iniciativa. Autoridades americanas não tinham informações precisas sobre técnica que pode ser utilizada

Autoridades americanas não tinham informações precisas sobre técnica que pode ser utilizada por Israel
Autoridades americanas não tinham informações precisas sobre técnica que pode ser utilizada por Israel - Canva/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/12/2023, às 20h19

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Israel desenvolveu um sistema de bombeamento de água do mar para desativar túneis utilizados pelo grupo radical Hamas em Gaza, revelou o Wall Street Journal na segunda-feira (04). A operação visa expulsar militantes do Hamas da região, utilizando a água como uma ferramenta estratégica.

Em novembro, o exército israelense concluiu a instalação de pelo menos cinco bombas de água nas proximidades do campo de refugiados de Al-Shati. Essas bombas conseguem deslocar milhares de metros cúbicos de água por hora, inundando os túneis em questão de semanas, conforme detalha o relatório.

O Hamas, que anteriormente afirmou ter escondido prisioneiros em túneis, é o alvo principal dessa iniciativa. A Reuters não pôde verificar de forma independente os detalhes do relatório do Wall Street Journal.

Autoridades americanas não tinham informações precisas sobre técnica que pode ser utilizada por Israel em Gaza

Ao ser questionado sobre a reportagem, membros do governo dos Estados Unidos afirmaram que faz sentido para Israel tornar os túneis inabitáveis e o país está explorando diversas formas de alcançar esse objetivo.

Até o momento, o Ministério da Defesa de Israel não respondeu aos pedidos de comentário da agência Reuters. O Wall Street Journal citou um oficial das Forças de Defesa de Israel que se recusou a comentar sobre o plano, mas afirmou: "O exército está operando para desmantelar as capacidades terroristas do Hamas de várias maneiras, usando diferentes ferramentas militares e tecnológicas."

Israel informou pela primeira vez os Estados Unidos sobre a opção no mês passado, conforme o Wall Street Journal, indicando que as autoridades americanas não tinham informações precisas sobre a proximidade da implementação do plano pelo governo do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.