MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Meta fecha parceria com empresa para vender roupas virtuais nas redes sociais

As roupas digitais já estão disponíveis nas redes sociais da Meta. O mercado de roupas virtuais pode chegar a valer 50 bilhões de doláres

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 20/07/2022, às 19h28

Mercado de roupas virtuais deve crescer ainda mais
Mercado de roupas virtuais deve crescer ainda mais - Twitter/DressX
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A Meta, empresa que gerencia o Facebook fechou uma parceria com a startup de moda digital DressX para fornecer novas roupas virtuais para a Avatar Store da companhia. As roupas digitais criadas pela empresa já estão disponíveis e os usuários podem adquiri-las e usá-las em seus avatares nas plataformas da Meta, incluindo Messenger, Facebook, Instagram e o headset de realidade virtual Quest.

As marcas de roupas de luxo estão experimentando novas maneiras de aumentar sua presença no mundo virtual, assim como o Metaverso em desenvolvimento. As empresas estão expandindo sua presença nessas áreas, tentando participar do que os analistas do Morgan Stanley preveem ser um mercado de US$ 50 bilhões.

Criadores e entusiastas dizem que o mercado de moda digital oferece uma forma de auto expressão e personalidade que muitas vezes se perde na comunicação online.
As roupas virtuais da DressX nas redes sociais da Meta são vendidas entre R$ 16 (US$ 2,99) e R$ 49,13 (US$ 8,99). Atualmente, o mercado está disponível em alguns países, como Canadá, EUA, México e Tailândia, mas será implementado em outros países no futuro.

+++Aprenda a consultar restituição do IRPF 2022 pela plataforma Gov.br

Mercado de roupas virtuais deve crescer ainda mais

A startup sediada em Los Angeles foi lançada em 2020 com a missão de fornecer coleções de roupas puramente digitais criadas por empresas e designers 3D. De acordo com o perfil DressX no Crunchbase, a empresa levantou US$ 3,3 milhões em financiamento e é a primeira a lançar uma série no metaverso do Roblox.

DressX se junta a uma lista com outros nomes importantes que adicionaram roupas virtuais na plataforma Meta, incluindo Balenciaga, Prada e Thom Browne. A empresa que fechou parceria com a Meta trabalhou anteriormente com H&M para lançar itens de vestuário digitais para a marca e foi também finalista da categoria de Inovação do Prêmio LVMH 2022.

Recentemente, a startup de moda digital também trabalhou com Jason Wu para criar e leiloar uma versão digital do vestido usado pela ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, no Baile Inaugural em 2009.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.