MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Ministério da Saúde confirma 53 casos e oito mortes de febre maculosa no Brasil

Saúde alerta para o aumento de casos de febre maculosa no Brasil, com o registro de oito mortes, reforçando a importância do diagnóstico e tratamento

Ministério da Saúde recomenda o uso de roupas que cubram todo o corpo
Ministério da Saúde recomenda o uso de roupas que cubram todo o corpo - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 14/06/2023, às 20h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Ministério da Saúde divulgou atualizações sobre a incidência de febre maculosa no país, informando que foram confirmados 53 casos, com oito óbitos registrados. Todas as mortes ocorreram na Região Sudeste, sendo seis em São Paulo, um em Minas Gerais e um no Rio de Janeiro. As regiões Sudeste e Sul concentram a maioria dos casos, com 30 e 17 ocorrências, respectivamente.

Conforme o ministério, os casos da doença são esporádicos, em geral. A febre maculosa é transmitida somente pelo contato com carrapatos-estrela infectados pela bactéria do gênero Rickettsia, não havendo transmissão entre pessoas. A pasta destaca a importância do tratamento oportuno para evitar complicações graves e óbitos.

O ministério orienta que os pacientes procurem as unidades de saúde assim que surgirem os primeiros sintomas, para avaliação médica e acesso ao tratamento disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). A pasta tem realizado ações de capacitação frequentes, voltadas para as vigilâncias estaduais e municipais, envolvendo profissionais da vigilância e da atenção à saúde.

+++ Febre maculosa: entenda a doença que matou piloto e namorada

Ministério da Saúde recomenda o uso de roupas que cubram todo o corpo

Em relação ao surto de febre maculosa em Campinas, interior de São Paulo, o ministério afirma estar em contato com o estado para acompanhar as medidas de vigilância e assistência. O município é considerado uma área endêmica, e o período sazonal da doença ocorre de maio a setembro.

Para as áreas de risco, o ministério recomenda o uso de roupas que cubram todo o corpo, como calças, blusas ou camisetas de mangas compridas e sapatos fechados. Além disso, é indicado o uso de roupas claras, facilitando a detecção de carrapatos no corpo.

A pasta ressalta a importância de realizar frequentes verificações no corpo e remover os carrapatos o mais rápido possível, a fim de reduzir as chances de infecção. Caso um animal esteja infestado de carrapatos, é recomendado buscar orientação de um médico veterinário, conforme informado na nota divulgada.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.