MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Presidência brasileira no G20: Lula propõe reformas globais e combate à desigualdade

Grupo do G20 é composto pelas maiores economias do mundo, representando mais de 80% da economia global. Brasil anunciou a criação de duas forças-tarefa dedicadas ao G20

Brasil busca desempenhar um papel proativo na cena global no G20
Brasil busca desempenhar um papel proativo na cena global no G20 - José Cruz/Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/12/2023, às 18h27

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Brasil assume, a partir desta sexta-feira (1º), a liderança do Grupo do G20, composto pelas maiores economias do mundo, representando mais de 80% da economia global. Sob a presidência do Brasil, as discussões do G20 serão centradas em temas cruciais como inclusão social, transição energética e reforma da governança global.

A última cúpula presencial do grupo ocorreu em setembro, na Índia, e a transição para a presidência brasileira foi marcada por uma cúpula virtual em novembro, na qual questões como o conflito entre Israel e o Hamas foram discutidas.

Brasil anunciou a criação de duas forças-tarefa dedicadas ao G20

O lema da presidência brasileira será "Construindo um Mundo Justo e um Planeta Sustentável". O presidente Lula delineou três eixos principais para as discussões durante a gestão do G20:

Inclusão social e combate à fome e à pobreza: Lula destaca o papel dos líderes do G20 na fortificação da capacidade do Estado de cuidar de seus cidadãos, enfatizando a necessidade de combater a desigualdade e evitar a normalização do inaceitável.

Transição energética e desenvolvimento sustentável: O presidente ressalta a urgência em alcançar as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), destacando a importância de respostas conjuntas por parte dos líderes do G20.

Reforma da governança global: Lula critica o Conselho de Segurança da ONU, argumentando que precisa de uma atualização para refletir a geopolítica contemporânea, sugerindo a inclusão de países como Brasil, África do Sul, Alemanha e Japão.

Brasil busca desempenhar um papel proativo na cena global

Além desses temas, o Brasil anunciou a criação de duas forças-tarefa dedicadas ao G20: uma contra a fome e a desigualdade, e outra contra a mudança do clima. Durante o segundo semestre deste ano, o Brasil liderou diversos organismos multilaterais, incluindo o Mercosul e o Conselho de Segurança da ONU em outubro.

Com a presidência do Mercosul, o foco foi na conclusão das negociações do acordo comercial com a União Europeia, esperando-se o anúncio da finalização do acordo durante a cúpula do bloco no Rio de Janeiro na próxima semana.

O país busca desempenhar um papel proativo na cena global, promovendo diálogo e ações concretas em prol de um mundo mais justo e sustentável.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.