MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Presidente Lula coordena reunião para impulsionar obras de infraestrutura no Brasil

Lula lidera encontro ministerial para impulsionar projetos de infraestrutura no Brasil. Também discute a urgência do acordo comercial entre Mercosul e União Europeia.

Presidente Lula coordena reunião para impulsionar obras de infraestrutura no Brasil
Agência Brasil
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 03/11/2023, às 15h52

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News
  • O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reuniu ministros nesta quarta-feira (3) no Palácio do Planalto para traçar estratégias de avanço em projetos de infraestrutura pelo país. Lula enfatizou a importância de aplicar integralmente os recursos dos ministérios, conforme previsto no Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Em declaração nas redes sociais, o presidente destacou a relevância do encontro, equiparando-o ao intervalo entre o primeiro e o segundo tempo. Ele ressaltou o compromisso em impulsionar o Brasil, evitando repetir possíveis equívocos e aprimorando a qualidade de vida da população.

A reunião contou com a presença do vice-presidente, Geraldo Alckmin, e dos ministros de diversas pastas, como Casa Civil, Fazenda, Transportes, Portos e Aeroportos, Minas e Energia, Comunicações, Integração e Desenvolvimento Regional, além de Cidades e Secretaria de Comunicação Social da Presidência.

Em paralelo, o presidente Lula manteve uma conversa telefônica de aproximadamente 30 minutos com o presidente da Espanha, Pedro Sánchez. O foco principal foi a urgência em finalizar o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia. Ambos compartilharam otimismo sobre a conclusão do acordo na próxima semana, ressaltando os esforços brasileiros na transição energética e a questão ambiental.

Lula reafirmou a posição brasileira de limitar o acesso a compras governamentais no acordo, visando a necessidade de reindustrialização. Também abordou a aprovação da entrada da Bolívia no Mercosul. O presidente Sánchez concordou com a importância de acelerar o processo, baseando-o em confiança mútua e se mostrou disposto a manter diálogos em alto nível para a conclusão do acordo.

Essas ações destacam o compromisso do governo brasileiro em impulsionar a infraestrutura nacional e fortalecer relações comerciais internacionais.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.