MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Semáforo com inteligência artificial promete reduzir trânsito em São Paulo

Cidade de São Paulo está instalando semáforo com inteligência artificial que promete reduzir congestionamento e agilizar manutenção e falhas

Semáforo
Semáforo - Freepik
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 21/08/2023, às 20h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A cidade de São Paulo está instalando semáforo com inteligência artificial que promete reduzir o trânsito na capital paulista. Essa modernização tem o objetivo de reduzir os congestionamentos e agilizar a manutenção de possíveis falhas nos dispositivos de sinalização de trânsito.

Os novos semáforos já estão sendo instalados em vias como as avenidas Pompeia e Doutor Arnaldo, localizadas na Zona Oeste da capital. Eles vêm acompanhados por uma placa que traz a inscrição "Semáforo em Modernização". Além disso, esses novos semáforos incluem uma câmera e podem ser identificados por uma faixa amarela na borda da caixa de luzes correspondente.

De acordo com a SP Regula (Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de São Paulo), todos os 2.586 cruzamentos no Minianel Viário, a área coberta pelo rodízio municipal de veículos, terão seus semáforos substituídos por novos nos próximos três anos.

Atualmente, já estão em operação 16 semáforos modernizados, 111 estão em processo de instalação e 113 estão na fase final de planejamento. A previsão é que, até o final de 2023, pelo menos 270 cruzamentos tenham seus semáforos modernizados.

+ STF: Está proibida a remoção forçada de pessoas em situação de rua. Entenda a decisão histórica

Saiba como funciona 

Segundo Mauricio Nastari, o gerente de iluminação pública da SP Regula, em declarações ao UOL, os novos semáforos são caracterizados por sua "inteligência". Eles possuem a capacidade de ajustar automaticamente a duração das luzes verdes e vermelhas de acordo com o fluxo de tráfego. 

Os intervalos máximos e mínimos de cada luz são programados antecipadamente pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e o próprio semáforo faz os ajustes necessários para otimizar o movimento dos veículos.

Além disso, essa programação pode ser modificada remotamente por operadores da CET através de um centro de controle. A presença da câmera nos novos semáforos permite a medição do congestionamento de carros diante do semáforo, eliminando a necessidade dos tradicionais "laços" - sensores instalados no asfalto usados pelos semáforos convencionais.

A câmera, conhecida como "laço virtual", assegura que o funcionamento do semáforo não seja afetado por recapeamentos ou reparos que exijam a remoção temporária do "laço" convencional. 

Outra vantagem é que esses novos semáforos podem se comunicar mutuamente, sendo sincronizados segundo as sub-áreas, que englobam as grandes avenidas e suas vias adjacentes.

A modernização está sendo conduzida pela concessionária Ilumina SP, supervisionada pela SP Regula e com a participação da CET. A concessão foi oficializada em 31 de agosto de 2022, com um contrato de 17 anos, dentro da PPP (parceria público-privada) da Iluminação Pública, que já estava sob a administração da Ilumina SP. De acordo com a Prefeitura de São Paulo, o custo do contrato referente aos semáforos será de R$ 1,12 bilhão durante um período de 60 meses.

+Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.