MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Venda de imóveis em São Paulo dispara em março mesmo com juros mais altos

De acordo com a pesquisa da Secovi-SP, a maioria dos imóveis em São Paulo vendidos foram aqueles com dois dormitórios, até 45 m² e com valor de até R$ 240 mil

Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 04/05/2022, às 14h09

None
Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A taxa básica de juros, Selic, está com o número mais alto desde 2017 e hoje pode chegar a 12,75% ao ano. Mesmo com este cenário, a venda de imóveis em São Paulo cresceu 36,4% em março, com 6,4 mil unidades vendidas. No acumulado em 12 meses, o crescimento também é bem considerável, sendo que vendeu 67,2 mil casas/apartamentos, o que representa um avanço de 22,3%.

Os dados foram publicados, nesta quarta-feira (04), pela Pesquisa Secovi-SP do Mercado Imobiliário (PMI).

Um outro dado relevante é o número monetário das vendas que atingiu R$ 3,16 bilhões, um incremento de 66,4% em comparação com março de 2021, conforme indicam as estatísticas do VGV (Valor Global de Vendas). Em 12 meses, o indicador totalizou R$ 32,3 bilhões, ficando 9,3% acima do volume registrado no mesmo período de 2021.

A cidade de São Paulo fechou o mês de março com 63,4 mil unidades disponíveis para venda, um aumento de 51,7% superior ao volume de imóveis em 2021. Segundo a Secovi-SP, essa oferta é composta por imóveis na planta, em construção e prontos, lançados nos últimos 36 meses.

Vendas de imóveis: Característica dos produtos

A Secovi-SP aponta que os imóveis com dois dormitórios apresentaram o maior volume de vendas em lançamentos, vendas e ofertas. Ao todo, foram comercializados mais de 38,1 mil imóveis no terceiro mês do ano. 

Os imóveis na faixa de 30 m² e 45 m² de área útil também lideraram em todos os indicadores: vendas, lançamentos e oferta.

Quando analisadas as faixas de preço, as unidades com valores até R$ 240 mil registraram os melhores indicadores de vendas e lançamentos. Os imóveis na faixa de R$ 240 mil a R$ 500 mil tiveram a maior quantidade de oferta.

*com informações da Secovi-SP

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.