Contas

A conceituada Revista VEJA, edição 1994, esclarece...

Redação
Publicado em 27/02/2007, às 08h56

A conceituada Revista VEJA, edição 1994, esclarece que o governo “passou a considerar como beneficio social, e não dívida previdenciária, um valor de 28,5 bilhões de reais que paga anualmente a trabalhadores rurais que nunca contribuíram para o INSS”.

Essa revista, elenca também, os seguintes gastos: Previdência urbana (déficit) 13,5 bilhões, Previdência Pública (déficit) 35 bilhões. Também computados os benefícios do seguro-desemprego 15 bilhões, benefícios assistenciais 12 bilhões, bolsa família 10 bilhões, agricultura família e 1 bilhão, saúde 36 bilhões, educação 8 bilhões e trabalho, esporte e cultura 1,5 bilhão, totalizando 160,5 bilhões de gastos com o bem estar social.

Comentários

Mais Lidas