CRÍTICAS

Os mais lúcidos analistas em Administração Pública têm repercutido as Reformas

Redação
Publicado em 27/02/2007, às 08h52

Os mais lúcidos analistas em Administração Pública têm repercutido que as Reformas da Previdência (98 e 2003) objetivaram a redução das fontes de custeio do sistema, não pretenderam uma Previdência Social mais eficiente, mas prestativa ou mais presente na vida do cidadão. Para esses analistas uma nova Reforma, neste ano ou em 2008 ou 2011, o que se almeja é abrir espaço para a efetiva implantação da aposentadoria complementar totalmente privada. O tempo poderá confirmar ou desmentir. Porém, se os servidores querem ter segurança em seus direitos terão que acionar, desde agora, às suas lideranças.

Comentários

Mais Lidas