Gatilho salarial

Esclarece Júlio Bonafonte que também é vice-presidente da Federação do Judiciário e Presidente do Conselho Del

Redação
Publicado em 05/04/2007, às 12h23

Esclarece Júlio Bonafonte que também é vice-presidente da Federação do Judiciário e Presidente do Conselho Deliberativo, da Associação dos Servidores do Judiciário, que o Projeto de Emenda Constitucional nº. 12/2006, vai mudar a Constituição. “Esse Projeto é de interesse de todos os partidos e de todos os governos porque vai permitir uma moratória nas contas dos Governos”, informa.


Na enorme panela de pressão dos precatórios alimentares existem direitos de 21 anos passados, como o caso da ação do gatilho salarial, ainda pendente de pagamento para muitos autores servidores públicos.


Com sua larga experiência no acompanhamento dos precatórios de origem alimentar Bonafonte diz que uma ação cobrando esses direitos demora de dez a quinze anos, até se transformar nesse instrumento de cobrança (precatório).

Comentários

Mais Lidas