Gripe

O TJ (SP) dispensou todas as funcionárias grávidas até o dia 28.

Redação
Publicado em 25/08/2009, às 16h28

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, por meio de provimento, dispensou todas as magistradas e funcionárias grávidas até o próximo dia 28. O motivo foi a pandemia da chamada Gripe Influenza A (H1N1), conhecida popularmente como suína. Este período será considerado como trabalho normal. As gestantes devem retomar suas atividades, normalmente, a partir de 31 de agosto.

           

Ainda sobre a gripe A (H1N1), convém lembrar que o Hospital do Servidor Público Estadual – Francisco Morato de Oliveira está preparado caso a doença se propague entre seus usuários. O atendimento é feito separadamente e o pronto-socorro dá absoluta prioridade aos casos suspeitos. O HSPE disponibiliza, ainda, quartos com pressão zero, para que seja evitado o contágio no setor de moléstias infecciosas.

Comentários

Mais Lidas