Judiciário ainda não dispõe de índice oficial

Na última terça, dia 17, aconteceu uma segunda reunião entre as entidades representativas de servidores do ...

Redação
Publicado em 27/03/2008, às 10h11

Na última terça, dia 17, aconteceu uma segunda reunião entre as entidades representativas de servidores do Judiciário e a Comissão de negociação do Tribunal de Justiça, em cerca de duas horas de reunião, a Comissão de desembargadores informou que ainda não dispõe de um índice oficial de reposição.

Os percentuais, segundo o desembargador Penteado Navarro, precisam ser objeto de uma reunião final entre o governador José Serra e o presidente do TJ, Desembargador Roberto Vallim Bellocchi. O encontro de ambos deve ocorrer na próxima semana (24 a 31). Penteado Navarro, entretanto, não quis falar de números, pois, no seu entender seria “um desrespeito ao governador e ao presidente”.

O Presidente da Federação das Entidades Públicas do Estado de São Paulo (FESPESP), José Gozze, destacou a importância da reunião, mesmo não sendo conclusiva. Segundo ele, “é sempre importante destacar que o presidente do TJ instalou uma comissão permanente de negociação e é assim que tem que ser”. Ele acredita que a reposição virá. “A minha preocupação não está, por enquanto no Tribunal. A Comissão de orçamento é composta por pessoas sérias que conhecemos de longa data. O meu temor é o governador negar a reposição e aí teremos de ver se o judiciário se portará com um poder independente, conforme a tripartição tão falada e pouco exercida nos últimos anos. Isso determinará a continuidade da nossa luta. Se o Tribunal tiver que peitar o Executivo, estaremos juntos nesta lua. Do contrario, teremos que discutir e enfrentar o próprio Judiciário”, conclui Gozze.

Comentários

Mais Lidas