População de Servidores

Estudo do IPEA desmente que o Estado brasileiro é inchado.

Redação
Publicado em 06/04/2009, às 10h17

Estudo do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), órgão vinculado ao Ministério do Planejamento, desmente que o Estado brasileiro é inchado.      

O estudo que está para ser publicado aponta não haver razão para se afirmar que o Estado brasileiro seja um Estado “inchado” por um suposto excesso de servidores públicos. O número desses prestadores de serviço público não chega a 6% da população do Brasil.

Esse novo levantamento do IPEA, agora conhecido, diz que a participação do emprego público é pequena. O percentual de servidores entre o total de emprego ocupado não chega a 11%, bem menor que nos Estados Unidos, Alemanha, França, Grécia, Argentina, Uruguai e Paraguai.

Oportunamente, voltaremos ao assunto.

Comentários

Mais Lidas