Remoção

Outro ponto importante, já acordado entre as entidades e acatado pelo TJ é o Instituto de remoç...

Redação
Publicado em 20/09/2007, às 16h17

Outro ponto importante, já acordado entre as entidades e acatado pelo TJ é o Instituto de remoção.

Segundo José Gozze, presidente da ASSETEJ e da FESPESP esta medida é de “suma importância, porque possibilitará aos servidores mudarem seu local de trabalho, sem a atual burocracia”. Ele explica que a remoção deverá acontecer como no caso da educação. “O TJ deverá publicar anualmente uma listagem de vagas e, terá oportunidade de postular um novo local de trabalho”.

Comentários

Mais Lidas