Servidor afastado e o IPESP

O Secretário da Fazenda, em comunicado publicado dia 30 do mês passado, alerta os servidores ativos, licenc...

Redação
Publicado em 16/05/2008, às 14h32

O Secretário da Fazenda, em comunicado publicado dia 30 do mês passado, alerta os servidores ativos, licenciados ou afastados sem remuneração deverão decidir se querem ou não continuar vinculados ao Regime Próprio de Previdência Social do Estado.

Para continuar vinculados a esse órgão previdenciário é indispensável recolher mensalmente 11% (de seu direito) e 22% de seu direito e do IPESP. Para esse fim o servidor deverá optar, preenchendo formulário próprio na sede desse órgão previdenciário. A partir do mês que se afastar receberá, se pedir em suas residências boleto mensal.

O mesmo critério atinge também todo servidor cedido sem prejuízo dos vencimentos.

Comentários

Mais Lidas