Servidores começam vigília

Os profissionais da Educação do Estado de São Paulo prometem iniciar uma greve por tempo indeterminado a pa...

Redação
Publicado em 12/09/2007, às 17h42

Os profissionais da Educação do Estado de São Paulo prometem iniciar uma greve por tempo indeterminado a partir da próxima sexta, dia 14 de setembro. A partir de amanhã professores, e funcionários de escolas começam uma vigília na Praça da República, em frente à sede da Secretaria da Educação.

As entidades da Educação alegam que não foram recebidas pelo Governador José Serra para tratar de condições de trabalho e cumprimento da data-base, vencida em março e que não foi paga até agora.

O Estado, por sua vez, apresentou propostas de antecipação do pagamento do bônus feito normalmente no inicio de cada ano. Esta medida é considerada ínfima diante das reais necessidades do pessoal da educação que almejam reposição das perdas salariais e a extensão de gratificações aos servidores aposentados.

Comentários

Mais Lidas