Assinado edital de concurso para 1.200 vagas

Para participar é necessário ter nível superior; salário inicial será de R$ 1.355,50, acrescido de incentivo financeiro de R$ 275,10, para carga horária de 20 horas semanais

Renan Abbade
Publicado em 01/03/2013, às 14h46

O governador do Estado de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, assinou na última quinta-feira (28), no auditório da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (FETEMS), o edital do concurso público que vai oferecer um total de 1.200 oportunidades para professores da educação básica.
“O concurso era uma aspiração para que os professores pudessem ser efetivados. Este pode não ser o último concurso. Conforme a necessidade, talvez tenhamos mais concursos no próximo ano”, afirmou Puccinelli.
A publicação no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul ocorre na próxima segunda-feira (4). As inscrições serão recebidas entre os dias 4 e 20 de março. As provas estão previstas para o dia 5 de maio nos municípios de Campo Grande, Três Lagoas, Dourados e Naviraí. Os professores aprovados serão empossados no início do ano letivo do 2º semestre.
As ofertas serão distribuídas entre 14 disciplinas de atuação, contemplando as séries finais (6º ao 9º ano) do ensino fundamental e todo o ensino médio – para todo o Estado.
Para participar é necessário ter nível superior. Aqueles que possuem especialização, mestrado e doutorado obterão mais pontos. O salário inicial será de R$ 1.355,50, acrescido de incentivo financeiro de R$ 275,10, para carga horária de 20 horas semanais.
Em breve será discutida também uma seleção para cargos administrativos. Segundo o presidente da FETEMS, Roberto Magno Botereli César, é necessário um tempo para a organização dos novos administrativos nas escolas, para que a Secretaria saiba quantas vagas ainda necessitam para realização de um novo concurso. O ajuste é necessário porque o Governo recentemente ainda estava convocando os funcionários que haviam passado no concurso realizado em dezembro de 2011. A última dessas convocações foi publicada no Diário Oficial do dia 15 de fevereiro e chamou 48 administrativos para a posse.

Comentários

Mais Lidas