Inscrições começam no dia 20 de setembro

Serão oferecidas 91 vagas de nível superior e 59 para nível médio.

Redação
Publicado em 03/09/2008, às 13h16

Estão previstos para serem publicados, na próxima semana, os cinco editais que oferecerão 150 vagas no Senado Federal. Na última quarta-feira, o diretor-geral adjunto da Casa e presidente da Comissão Especial do Concurso, Alexandre Gazineo, entregou os documentos ao presidente do Senado, Garibaldi Alves.

A previsão é que as inscrições comecem no próximo dia 20 e custem R$ 80 para os cargos de nível superior e R$ 60 aos de nível médio. As provas serão aplicadas nos dias 8 e 9 de novembro.

O concurso será organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e oferecerá 91 vagas para Analista Legislativo (nível superior) e 59 para Técnico (nível médio). As ofertas para Analista serão distribuídas entre as seguintes áreas: Processo Legislativo (25), Apoio Técnico Administrativo (25) e, no caso de Comunicação Social, serão oferecidas 23 vagas, sendo 14 para especialidades como Produção de Infografia Jornalística, Multimídia, Publicidade e Propaganda, Designer Jornalístico, Edição para TV e Revisão de Texto, entre outras. Os interessados também poderão contar com oito vagas para Analista de Informática Legislativa, duas para Consultor Legislativo e oito de Advogado.

Já para Técnico Legislativo, as oportunidades serão para: Comunicação Social (37, sendo 11 para Produtor de TV, sete para Produtor de Rádio, seis de Técnico de Locução, seis de Operador de TV, seis para Técnico Legislativo em Videografismo e uma de Produtor para Design Jornalístico), Processo Legislativo (10), Apoio Técnico-Administrativo (10) e Polícia Legislativa (2).

Os salários são de R$ 10.613,21 para Analista Legislativo (área Comunicação Social), Analista de Informática e Advogado. Para os demais cargos de Analista Legislativo, a remuneração será de R$ 9.580,50 e, para Consultor Legislativo, R$ 11.815,94. Aos cargos de nível médio, o vencimento inicial é de R$ 6.722,68.

Posse e novo concurso

Durante a solenidade de entrega dos editais, o diretor-geral do Senado, Agaciel da Silva Maia, afirmou que a expectativa é de dar posse aos novos concursados logo após a publicação do resultado do concurso. Ele anunciou também que, em 2009, a Casa pretende realizar nova seleção de candidatos com o objetivo de substituir todos os terceirizados que hoje atuam no Senado.

Juliana Pronunciati/SP

Comentários

Mais Lidas