Processo para abertura de 833 vagas está paralisado

Procuradoria Geral do Município está analisando os detalhes da futura seleção e esta análise não tem um prazo estabelecido para terminar

Redação
Publicado em 16/05/2012, às 14h45

A abertura do concurso para o provimento de 833 vagas na Secretaria Municipal de Saúde de Maceió, no Estado de Alagoas, sofrerá atraso e, infelizmente, por período indeterminado. 
O atraso ocorrerá porque o processo para a abertura do concurso está paralisado em virtude de análise realizada pela Procuradoria Geral do Município. 
O projeto de lei com a criação dos cargos, submetido pelo prefeito Cícero Almeida (PP), foi aprovado pela Câmara Municipal em Março, mas a Secretaria ainda não pôde dar início aos procedimentos para a abertura do concurso. 
O aumento da demanda nos atendimentos do Sistema Único de Saúde (SUS) é a principal razão apresentada para a realização do novo concurso.
A seleção O cargo de assistente administrativo é o que apresenta maior déficit segundo levantamento feito pela Prefeitura. Por isso, o novo concurso deverá apresentar 499 vagas para a  função. Os outros cargos que precisam de reposição são técnico administrativo (40), auxiliar administrativo (7), auxiliar de serviços gerais (28), auxiliar de enfermagem (17), atendente de consultório dentário (12), auxiliar de laboratório (3), educador físico (10), assistente social (7), enfermeiro (9), engenheiro civil (2), farmacêutico (2), fisioterapeuta (2), biólogo (1) e técnico em recursos humanos (1). 
Os cargos que serão criados a partir da nova seleção são os seguintes: biomédico (12), químico (2), técnico ambiental (2), técnico em análise epidemiológica (2), protético (1) e auxiliar de prótese (1).
Como é possível perceber, as oportunidades irão contemplar todos os níveis escolares. No entanto, não há informações disponíveis a respeito dos salários que serão atribuídos aos cargos que constarão desta seleção que, no momento, é incerta. 

Reinaldo Matheus Glioche/SP

Comentários

Mais Lidas