Tudo Sobre

Concurso Defensoria

Organizadora para Oficial é definida

Os cargos são para candidatos com nível médio.



Redação
Publicado em 25/08/2008, às 11h08

A Defensoria Pública de São Paulo deve realizar, em breve, seus primeiros concursos para o Quadro de Apoio, instituído recentemente por uma lei aprovada pelo governador José Serra. Na última semana, a Fundação Carlos Chagas foi definida para a organização do concurso a um dos cargos, o de Oficial de Defensoria Pública, para candidatos com nível médio.

A lei determinou que fossem criadas 260 vagas para a função, no entanto, não está ainda definido se todas serão oferecidas de uma só vez. O salário inicial é de R$ 1.160, podendo chegar a R$ 1.665,33, em caso de antigüidade ou merecimento na função. Caso o servidor passe por um aprimoramento técnico, como por exemplo, a conclusão de curso superior ao longo da carreira, esta referência irá variar entre R$ 1.624 e R$ 2.331,46.

Além do cargo de nível médio, a lei criou mais 73 vagas para Agente de Defensoria Pública, destinadas a candidatos que completaram a graduação. Mas, de acordo com a Assessoria de Imprensa do órgão, o concurso para esta função deve acontecer separadamente e, até o momento, não há mais definições. A remuneração inicial é de R$ 3.420, podendo chegar a R$ 4.909,85. Se houver aprimoramento técnico, como a conclusão de curso de pós-graduação ou mestrado, os valores irão variar entre R$ 3.831 e R$ 5.499,90.

Juliana Pronunciati/SP

+ Resumo do Concurso Defensoria

Defensoria
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 1160,00 Até R$ 2331,46
Organizadora: Carlos Chagas
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

25/08/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas