Tudo Sobre

Concurso Educação

Rede de ensino irá gerar mais de 20 mil vagas

Os concursos para professores e técnicos administrativos já começaram e a previsão é que continuem até 2011



Redação
Publicado em 07/01/2008, às 20h14

Atualmente, a rede de escolas técnicas e profissionalizantes do Ministério da Educação conta com 140 unidades. Até 2010, serão 354. A primeira fase da expansão, que começou no ano passado, já entregou 40 escolas. E estão sendo implantadas mais 24, com inauguração prevista para 2008. Na segunda fase, serão construídas 150 novas unidades, nos 26 estados e no Distrito Federal. Com isso, ao final de 2010 serão 354 instituições federais de ensino técnico, com capacidade para 500 mil alunos matriculados.

O coordenador de planejamento da rede federal de educação profissional do Ministério da Educação, Gleisson Rubin, explica que cada unidade tem um quadro de cerca de 100 servidores. Na primeira fase foram 40 professores e 65 técnicos administrativos em cada uma. “Para a segunda fase reformulamos o desenho, aumentando o número de professores, porque as unidades passarão a oferecer mais fortemente cursos de licenciatura, notadamente nas áreas de matemática, química, física e biologia, onde o país tem carência muito grande”, conta o coordenador. Com isso, serão 60 professores e 50 técnicos em cada unidade. Ou seja, para as 150 unidades da segunda fase, a previsão é contratar 12.300 professores e 7.750 técnicos em administração.

O MEC está discutindo o cronograma de provimento desses cargos com o Ministério do Planejamento, que deve ser divulgado em março, com concursos até 2011. “A perspectiva é que em abril do ano que vem as escolas a serem instaladas em 2008 sejam autorizadas a promover o concurso, para que quando a obra estiver concluída, os servidores estejam em condições de assumir”, diz Rubin. “Além disso, continuamos com os provimentos da primeira fase, que só tiveram 50 por cento dos cargos ocupados, falta 1.800 professores e 1.700 técnicos para serem concursados”, lembra ele.

Só em 2007, foram autorizados 2.600 cargos, sendo 1.206 professores e 1.394 técnicos administrativos. Uma parte dos concursos já foi realizada, e, nesse momento, alguns estão em andamento, como o da unidade de Planaltina (DF), que vai contratar 34 professores e 31 técnicos.

O coordenador do MEC diz que o projeto de expansão da rede de ensino profissionalizante não deve ser prejudicado pela perda de arrecadação do governo com a rejeição da CPMF. De acordo com Rubin, o presidente Luis Inácio Lula da Silva tem dito que os ajustes não afetarão as ações da área social e o Programa de Aceleração do Crescimento. “A implantação das escolas técnicas federais é uma das ações de maior relevância dentro do Plano de Desenvolvimento da Educação, pela sua capilaridade, já que cada uma das 150 escolas abrange até 30 municípios. Prejudicar um plano dessa natureza é promover um corte numa ação que vai atingir mais de 70 por cento dos municípios brasileiros, numa área que é estratégica nesse momento, que é a formação profissional”, explica ele.

O salário atual dos técnicos administrativos das escolas técnicas federais é de, aproximadamente, R$ 1.800 para os servidores de nível superior e R$ 1.400 para os de nível médio, além de adicionais de qualificação. Já para os professores de primeiro e segundo grau, o salário inicial é de R$ 2.350, para aqueles que possuem apenas a graduação. Quem tem curso de qualificação ganha R$ 2.600, com mestrado chega a R$ 3.400 e os professores com doutorado ganham R$ 3.500.

E todos esses valores podem ser reajustados ainda em 2008. O MEC está em negociação com o MPOG para estender aos professores das escolas técnicas federais o acordo feito com os professores das universidades federais. Com isso, o salário em final de carreira pode chegar a R$ 11 mil.

+ Resumo do Concurso Educação

Educação
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Alfabetizado, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior, Não informado
Faixa de salário:
Organizadora: Exames Consultoria Ltda
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

06/01/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas