Superintendências trabalham para divulgação de editais

As autorizações do MPOG para as seleções foram publicadas no DOU do dia 31 de dezembro do ano passado; prazo para a publicação dos editais de abertura era de até seis meses

Renan Abbade
Publicado em 10/04/2013, às 10h07

Três superintendências, ligadas ao Ministério da Integração Nacional, acertam os últimos detalhes para disponibilizarem os próximos editais. A Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), com sede em Brasília (DF), é a mais adiantada. De acordo com publicação no Diário Oficial da União (DOU) do dia 19 de março, a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB) será a empresa responsável pelo certame. A escolha foi por meio de dispensa de licitação.
Ao todo serão preenchidas 100 oportunidades distribuídas entre as carreiras de agente administrativo (29), analista técnico-administrativo (35), arquiteto (1), contador (2), economista (3), engenheiro (5), engenheiro civil (24) e estatístico (1). Todos os postos exigem nível superior, exceto o cargo de agente administrativo.
No caso da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), cujo escritório fica em Belém (PA), a organizadora deverá ser contratada em breve. O órgão conta apenas com 133 servidores efetivos para atuar nos nove Estados da Amazônia Legal e a entrada de novos colaboradores será um passo importante para que a instituição cumpra sua missão de articuladora de políticas de desenvolvimento da região amazônica.
Serão 71 vagas envolvendo os cargos de agente administrativo (2), analista técnico-administrativo (19), biólogo (1), contador (3), economista (20), engenheiro (20), engenheiro agrônomo (1), estatístico (1), geógrafo (1), químico (2) e zootecnista (1).
A Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), sediada no Recife (PE), também dará início aos procedimentos para definição da organizadora. As ofertas totalizam 71, divididas entre as funções de agente administrativo (4), analista técnico-administrativo (19), arquiteto (1), contador (5), economista (12), engenheiro (21), engenheiro agrônomo (2), estatístico (1), geógrafo (3), geólogo (1) e químico (2).
As autorizações do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para as seleções foram publicadas no DOU do dia 31 de dezembro do ano passado. O prazo para a publicação dos editais de abertura era de até seis meses.

Comentários

Mais Lidas