Tudo Sobre

Concurso TRT

TRT 17: criados 20 cargos de analista judiciário

Carreira exige nível superior na área de informática; cargos foram criados pela Lei nº 12.785, de 11 de janeiro de 2013, sancionada pela presidente da República, Dilma Rousseff



Renan Abbade
Publicado em 18/01/2013, às 10h57

O Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região, no Estado do Espírito Santo, poderá realizar o provimento de 20 vagas na carreira de analista judiciário, na área de apoio especializado, na especialidade de tecnologia da informação.
A carreira exige nível superior na área de informática. Os cargos foram criados pela Lei nº 12.785, de 11 de janeiro de 2013, sancionada pela presidente da República, Dilma Rousseff.
A última seleção do tribunal aconteceu em 2009 e foi organizada pelo Cespe/UnB. Na ocasião, foram ofertadas 145 vagas de analista e técnico judiciários. Candidatos com nível médio se inscreveram para técnico judiciário, que oferecia oportunidades nas áreas administrativa (38) e de tecnologia da informação (8), sendo que o último tinha como pré-requisito a formação em curso técnico na área de informática. O salário inicial para a carreira era de R$ 4.052,96.
Já o cargo de analista judiciário exigia nível superior e contava com 99 vagas em diversas áreas. Os salários iniciais estavam na faixa de R$ 6.661,39 (área jurídica) a R$ 8.140,08 (área jurídica – especialidade execução de mandado).

+ Resumo do Concurso TRT

TRT
Vagas: 20
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: ES

+ Agenda do Concurso

18/01/2014 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas