86 vagas de Advogado; salário de R$ 14 mil

Atenção: pedidos de isenção da taxa devem ser feitos entre 1º e 3/12.

Redação
Publicado em 01/12/2008, às 10h31

A Advocacia Geral da União abriu o período de inscrições para o processo seletivo para 86 vagas para a função de Advogado da União. O salário oferecido é de R$ 14 mil.


Foi divulgado também um edital de retificação no qual são alteradas a descrição sumária das atividades, o tópico para vagas aos portadores de deficiência, as inscrições do concurso e os objetos de avaliação. Confira o anexo abaixo.

As oportunidades estão distribuídas entre 20 estados da federação – o que concentra o maior número de postos é o Distrito Federal (36), seguido pelo Rio Grande do Sul (07). São Paulo oferece quatro vagas e Rio de Janeiro conta com três postos em aberto. Há reserva de 5% das oportunidades para portadores de deficiência física.

O salário inicial bruto é de R$ 14.049,53 para jornada de 40 horas semanais.

Podem participar do concurso pessoas maiores de 18 anos, que tenham concluído o curso de bacharelado em Direito, tenham dois anos de prática forense, estejam inscritos na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e não possuam condenações criminais.

Pré-Inscrições

As pré-inscrições poderão ser feitas via internet por meio do site do Cespe/UnB (www.cespe.unb.br/concursos/aguadv2008 ), empresa que organiza o concurso, entre às 10h de 01 de dezembro até às 23h59 do dia 23 do mesmo mês, de acordo com o horário de Brasília.

É cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 135. A Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança) será disponibilizada no site imediatamente após o preenchimento da ficha de inscrição. Ela poderá ser paga em qualquer agência bancária, dos Correios ou casas lotéricas até 24 de dezembro.

Isenções: 1º a 3 de dezembro

Os pedidos podem ser feitos entre 1º e 3 de dezembro, via internet, por candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e membros de família de baixa renda. O interessado deverá informar o Número de Identificação Social (NIS) e preencher declaração que confirme sua situação financeira. O resultado será divulgado até 22 de dezembro.

Aqueles que não tiverem seu pedido de isenção deferido, poderão participar do concurso desde que efetuem o pagamento da taxa de inscrição até 24 de dezembro

Comprovantes

O comprovante de inscrição será divulgado na internet após o acatamento da pré-inscrição, ou seja, após a confirmação de pagamento da taxa ou o deferimento do pedido de isenção.

Inscrição definitiva

Somente serão classificados para essa fase do concurso candidatos que sejam aprovados até a 430ª colocação na prova objetiva.  Na ocasião o candidato deverá apresentar o requerimento da inscrição, os documentos pessoais e os comprovantes de experiência e escolaridade.

Provas

Os candidatos serão avaliados em provas objetiva, discursiva, oral, sindicância da vida pregressa, e avaliação de títulos.

A prova objetiva terá duração de 5h e será aplicada em 1º de fevereiro de 2009 no período da tarde; as provas discursivas serão aplicadas em dois dias consecutivos, no mínimo, 15 dias após a publicação do resultado final do deferimento da inscrição; já a prova oral será aplicada no mínimo sete dias após a publicação do resultado final das provas discursivas

Comentários

Mais Lidas