Tudo Sobre

Empregos FURNAS

Acordo garante nomeação de aprovados em 2009

Em reunião, o STF e o MPT chegaram a um acordo que prevê a convocação de 550 aprovados em concurso nos próximos quatro anos



Redação
Publicado em 23/02/2012, às 13h32

Em reunião no Supremo Tribunal Federal (STF) na última quinta-feira (16), o procurador-geral do trabalho, Luís Camargo, chegou a um acordo com a Furnas Centrais Elétricas para que candidatos aprovados no concurso de 2009 possam assumir suas funções na empresa.
Há algum tempo, o Ministério Público do Trabalho (MPT) vinha tentando negociar com a Furnas a substituição de funcionários terceirizados por concursados que estavam com o prazo de nomeação chegando ao fim. Sob direção do ministro do STF, Luiz Fux, a reunião acabou em um acordo que prevê a contratação de 550 concursados nos próximos quatro anos.
Para um candidato aprovado no cargo de economista em Belo Horizonte (MG) que não quis se identificar, o prazo ainda é longo demais. “A alegação foi de que a demissão imediata de todos os terceirizados poderia gerar falta de energia no Brasil. Uma chantagem pura e barata”, definiu o aprovado, afirmando que a Furnas mantém mais de 1.500 terceirizados em situação irregular. “E a irregularidade não é de ontem. Há mais de uma década eles estão lá, ocupando as vagas de quem realmente merece”, reclama ele, questionando, por fim: “até quando vamos esperar por nossas convocações?”.
O concurso de 2009 oferecia 1.686 vagas, sendo 318 imediatas e 1.386 para cadastro reserva. Até o momento, 492 aprovados foram convocados. Com a previsão de convocações estipulada na reunião, até 2016, serão 1.042 nomeados.
A relação completa dos convocados até fevereiro de 2012, pode ser consultada no site da Furnas.
ConcursoAs oportunidades são para profissionais  de níveis médio suporte, médio técnico e superior, e têm remunerações de R$ 1.721,31, R$ 2.245,88 e R$ 3.298,06, respectivamente.
A empresa, subsidiária da Eletrobrás, conta com um complexo de 11 usinas hidrelétricas e duas termelétricas, estando presente  no Distrito Federal e nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Paraná e Rondônia. O concurso foi composto por prova objetiva, prova discursiva, avaliação psicológica, avaliação física e curso de formação. Nível médio técnico: técnico de agrimensura, técnico de edificação/construção civil, técnico de edificações, técnico em mineração, técnico em desenho industrial, técnico em eletrônica (1, 2, 3, 4 e 5), técnico em eletrotécnica (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10), técnico em mecânica (1 e 2), técnico em química (1 e 2), técnico em telecomunicações (1 e 2), técnico em telecomunicações ou eletrônica, técnico em eletromecânica (1 e 2), técnico em segurança do trabalho, técnico em arquivologia, técnico em contabilidade, técnico em administração, técnico em enfermagem, técnico em processamento de dados (1, 2, 3 e 4), técnico em processamento de dados/ microinformática, técnico em eletrotécnica/ eletricidade, técnico em eletrotécnica/ eletromecânica (1 e 2), técnico em eletrônica ou instrumentação, técnico em eletrotécnica ou eletrônica (1 e 2).
Nível superior: graduação concluída em Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Engenharia da Computação, Informática, Tecnologia da Informação, Tecnólogo em Processamento de Dados, Engenharia (qualquer), Física, Matemática, Estatística, Ciências Econômicas, Administração, Ciências Contábeis, Direito, Comunicação Social (habilitação Jornalismo, Propaganda e Marketing ou Relações Públicas), Arquivologia, Biologia, Educação Física, Enfermagem, Estatística, Geologia,Medicina, Letras, Metereologia, Nutrição, Pedagogia, Psicologia, Química e Serviço Social.
Leandro Cesaroni

Veja também:

INB: concurso visa preencher 181 postos de até R$ 4,1 mil

Caixa: divulgados editais para níveis médio e superior

+ Resumo Empregos FURNAS

FURNAS
Vagas: 1367
Taxa de inscrição: R$ 70 a R$ 100
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1721,00 Até R$ 3268,06
Organizadora: Funrio

+ Agenda

22/02/2013 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas