Tudo Sobre

Empregos SECAD

Concurso para mais de 6 mil vagas é anulado

O concurso oferecia 6.352 vagas, além de formar cadastro reserva em 140 municípios. Os salários variavam de R$ 473 a R$ 3.451.



Redação
Publicado em 22/02/2011, às 14h58

A Secretaria de Administração do Estado do Tocantins (Secad) anulou o concurso público aberto em 2008 que oferecia 6.352 vagas, além de formar cadastro reserva em 140 municípios. Os salários variavam de R$ 473 a R$ 3.451 para todos os níveis de escolaridade.

Em coletiva realizada na última sexta-feira (18), o secretário de Administração, Lúcio Mascarenhas Martins e o procurador geral do Estado, Bruno Nolasco de Carvalho, anunciaram a anulação do concurso público do quadro geral do estado, com provas realizadas em fevereiro de 2009.

A decisão pela não continuidade da seleção se deu, segundo Lúcio Mascarenhas, pelo histórico do mesmo. “Baseado na sindicância onde a própria instituição responsável pelo concurso recomenda a anulação, e por todos os acontecimentos e fatores relacionados a ele, desde a sua realização, não podemos dar continuidade. Para se ter uma ideia, de 122 cargos existentes, 101 tiveram de 10% a 24% das questões anuladas. Tudo isso prova a ineficiência”, explica., acrescentando que por todos os problemas encontrados, como questões anuladas, cartões de respostas incompletos, 3 ou 4 gabaritos e conflitos na realização das provas, não há como avaliar os candidatos, principal finalidade de um concurso.

Quanto aos gastos para a realização do concurso, o Secretário garante que não haverá prejuízos para candidatos e nem para o erário estadual. “Vamos procurar meios legais, que façam com que os responsáveis pelos prejuízos, arquem com os mesmos”.

Os 104.500 candidatos que pagaram suas inscrições no concurso anulado terão 60 dias a partir da publicação da Portaria 167, de 17 de fevereiro, veiculada no Diário Oficial, para pedir o valor da inscrição de volta. Quem não quiser o dinheiro, já estará inscrito para o próximo concurso, e deverá pagar apenas a diferença de valores, no caso de optar por cargos de nível escolar diferente. Para tanto, basta acessar o site www.secad.unitins.br.

No que diz respeito ao próximo concurso, não há data definida para a realização. Segundo Lúcio Mascarenhas, em 90 dias, a partir da publicação da Portaria, o Estado fará um levantamento das necessidades de cargos, em todas pastas, para daí abrir novas concorrências.

Entenda
O concurso foi lançado em 22 de outubro de 2008, com a oferta de 6.352 vagas. No dia 15 de fevereiro de 2009 foram realizadas as provas e logo depois vieram as reclamações de supostos erros, até o advogado Florismar de Paula Sandoval entrar com uma ação popular contra o concurso, que depois disso foi suspenso pela Justiça, que até esta data não referendou uma decisão sobre o assunto. Desde sua realização, existem aproximadamente 10 mil recursos contra o concurso.

Com informações da Secretaria de Comunicação do Estado do Tocantins

Veja também:

IRBr: última chance para 26 vagas de diplomata

Nas bancas: especial sobre provas da Petrobras

Banco do Brasil: confirmado novo concurso para mais cinco Estados

+ Resumo Empregos SECAD

SECAD
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: R$ 35 a R$ 90
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Saúde, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 473,00 Até R$ 3451,00
Organizadora: Unitins
Estados com Vagas: TO

+ Agenda

22/02/2012 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas