Concurso para escrevente do TJ/SP: surpresa agradável

Recentemente, havia sido divulgado um edital para o mesmo cargo, com vagas na capital e interior

Redação
Publicado em 06/02/2013, às 14h38

Paulo de Freitas

Na primeira quinzena de janeiro tivemos uma grande surpresa. O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP) publicou edital de concurso abrindo mais de 27 vagas para o cargo de escrevente técnico judiciário. Desse total, 13 são para a Comarca de Bauru, 10 para Ribeirão Preto e quatro para Presidente Prudente. A surpresa ocorreu porque recentemente, mais precisamente no início de setembro, se divulgou edital de concurso para o mesmo cargo oferecendo oportunidades na capital e interior.

O referido concurso ainda está em andamento, aguardando a realização da prova prática (digitação), que deverá ocorrer no final de fevereiro ou início de março, e não se esperava a abertura de novo certame em tão pouco espaço de tempo. Até porque essas três comarcas contempladas pelo novo concurso ofereceram vagas no certame do ano passado. A explicação, segundo o apurado, é que algumas cidades destas comarcas ficaram de fora da distribuição das vagas no edital do ano passado.

Se esse é o principal motivo ou não (a explicação parece razoável), essa é uma oportunidade de ouro para os que não foram bem no concurso aberto no final do ano passado porque têm nova chance de tentar uma melhor sorte neste certame que está com inscrições abertas. O conteúdo programático é o mesmo. Como as provas objetivas estão previstas para dia sete de abril, há tempo suficiente para os que já haviam se preparado para o último concurso rever a matéria e intensificar os estudos.

O que não se pode é perder tempo. Quem participou do último concurso e não teve o rendimento esperado, deve concentrar os esforços nas matérias onde teve maior dificuldade. Por isso, é bom dar uma conferida nas provas e gabaritos do último concurso que ainda estão disponíveis no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br) ou do Jornal dos Concursos & Empregos (www.jcconcursos.com.br).

Os que pensavam que teriam de aguardar alguns anos para ganhar uma nova chance em concursos de escrevente do TJ/SP não podem deixar escapar essa chance. Até para aqueles candidatos que moram um pouco longe das comarcas agraciadas com o novo concurso é uma boa pedida porque os vencimentos iniciais, incluindo as gratificações, chegam próximo dos R$ 4 mil. Com um salário assim, vale a pena arriscar. Como deu para perceber, realmente é uma oportunidade ímpar. Surpresas agradáveis como esta dificilmente ocorrerão com frequência. Dizem que um raio não cai duas vezes em um mesmo local. Imagine cair três vezes!

Paulo de Freitas é jornalista e funcionário público. Tem mais de 14 anos de experiência na área de concursos públicos. E-mail: paulokassaco@ig.com.br

Comentários

Mais Lidas