Sua carreira na PF pode começar agora

Quem quer integrar os quadros da Polícia Federal, ou de qualquer carreira pública, precisa ter força de vontade, disciplina e muita determinação nesse período de preparação.

Redação
Publicado em 16/04/2012, às 15h00

Marco Antonio Araujo Junior O ano de 2012 finalmente está se consolidando. E, como prometia, está se mostrando o ano dos concursos públicos. Aquele tão esperado concurso da Polícia Federal já encerrou as inscrições e a prova será no dia 6 de maio. São 100 vagas para papiloscopista e outras 500 para agente. Os salários iniciais são de R$ 7.514,33 e, para se candidatar, é necessário apenas ter curso universitário em qualquer área de formação.
Para quem não sabe quais são as funções das vagas citadas acima: um papiloscopista executa, orienta, supervisiona e fiscaliza os trabalhos dos papiloscópicos de coleta, análise, subclassificação, pesquisa, arquivamento e perícias. Além disso, assiste à autoridade policial, realiza vários estudos envolvendo as áreas de papiloscopia, dirige veículos policiais, cumpre medidas de segurança orgânica e muitas outras funções que dizem respeito à área policial e administrativa. Já um agente da Polícia Federal executa investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a atos ilícitos penais. Precisa desenvolver também atividades como dirigir veículos policiais, cumprir metas de segurança e desempenhar tarefas de caráter policial, administrativo e outras tantas que podem lhe ser designadas.
Para aqueles que optarem por ingressar nessa área, é importante traçar um plano de estudos eficiente e, para tanto, ter em mãos o edital publicado ou do concurso anterior é fundamental para elaborar a programação. Importante dividir a grade de matérias contemplando todos os dias da semana, inclusive sábados e domingos. Essa grade particular deve abordar todos os temas exigidos na prova, mesmo aqueles com os quais o candidato julgue ter maior familiaridade. Ele deve investir seus conhecimentos de maneira a otimizar o tempo de estudo de novos temas ou de assuntos exigidos, mas que apresentam dificuldades.
Além de disciplinas básicas, como língua portuguesa e noções de informática, os candidatos de ambos os concursos devem atentar para as questões referentes a atualidades. Muitas vezes o concurseiro se empenha tanto no estudo de disciplinas obrigatórias, como direito penal, direito processual penal, direito administrativo, direito constitucional, legislações especiais etc., que se esquece de acompanhar as notícias do dia a dia. Para papiloscopista, é importante lembrar que também caem na prova questões de química, física e biologia, além de noções de estatística e identificação.
Importante frisar que, se o candidato puder, deve se matricular em um bom curso preparatório, pois o conteúdo programático e a metodologia desses cursos são específicos para a carreira de interesse.
Quem quer integrar os quadros da Polícia Federal, ou de qualquer carreira pública, precisa ter força de vontade, disciplina e muita determinação nesse período de preparação. E, além de manter uma rotina de estudos em casa, o candidato deve se dedicar à prática de atividades físicas, ou seja, movimentar o corpo.
Pesquisas recentes demonstraram que a atividade física é importante inclusive por questões neurofisiológicas. Esse reflexo fisiológico é consequência do processo de estímulo e aumento do fluxo de oxigênio e sangue. Uma das áreas diretamente beneficiadas por essa dinâmica é o hipocampo, região fundamental na aprendizagem, principalmente para a construção de memórias de curto prazo.
O concurseiro, portanto, deve se programar de modo que sua preparação para concursos contemple, além do conteúdo programático, a realização de exercícios físicos, visando, também, aos benefícios intelectuais, que podem influenciar nos resultados das provas.Podemos concluir que, se o candidato ainda não incorporou a atividade física à sua rotina, existem fundamentos científicos que vão além do bem-estar para a adoção dessa postura. Se o candidato já incorporou, resta a tranquilidade de que está no caminho certo. Marco Antonio Araujo Junior é diretor pedagógico do Complexo Educacional Damásio de Jesus - @profmarcoant

Comentários

Mais Lidas