Técnicas de estudos para concursos

Tem muitos candidatos dedicados, que estudam bastante, mas que por falta de orientação, não sabem o que e, principalmente, como estudar. No intuito de orientar os candidatos apresentarei a seguir algumas dicas e técnicas de estudos

Redação
Publicado em 22/02/2012, às 14h49

De Lucca
É frequente a seguinte recomendação: para ser aprovado em concursos é preciso estudar bastante. Uma recomendação muito correta. O candidato que não estuda, não tem chance real de ser aprovado. Mas como estudar? Tem muitos candidatos dedicados, que estudam bastante, mas que por falta de orientação, não sabem o que e, principalmente, como estudar. No intuito de orientar os candidatos apresentarei a seguir algumas dicas e técnicas de estudos para se preparar para concursos:
Mantenha o foco. Para ter vontade de estudar, não perca o foco lembrando-se sempre dos motivos que te levaram a escolher determinada carreira pública.  Por exemplo, se você está interessado em uma carreira devido à remuneração e à estabilidade, faça um cartaz escrevendo o salário e a palavra estabilidade e coloque-o próximo ao seu local de estudos.
Quais disciplinas estudar?Se for estudar antes da publicação do edital, estude as matérias básicas (como português, matemática e raciocínio lógico) comuns na maioria dos concursos. Evite estudar as matérias específicas antes do edital, pois podem ser alteradas. Após a publicação do edital, estude somente as matérias do concurso, levando em consideração o peso e a quantidade de questões de cada disciplina, dedicando mais tempos às matérias mais representativas.
Provas anteriores.As provas anteriores são fundamentais no estudo para concursos públicos. É uma forma do candidato verificar a aprendizagem, adiquirir velocidade e se acostumar com as diversas formas e estilos. Ao estudar uma matéria vista anteriormente, seja há muito ou pouco tempo, verifique a aprendizagem e aprofunde o conhecimento resolvendo questões de concursos anteriores similares aos que irá prestar, sanando as dúvidas conforme surgirem. Inicialmente, dê preferência para as provas da mesma carreira e/ou da mesma empresa organizadora que irá elaborar o concurso para que está se preparando. A seguir, estude as outras provas. Podem ser encontratadas em livros, apostilas, nos sites das empresas organizadoras e em sites especializados em concursos.
Organize seu tempo de estudos e descanso. É fundamental organizar o seu tempo de estudo e de descanso. Verifique periodicamente o seu planejamento do tempo de estudos e, se necessário, faça uma nova programação mais adequada à sua realidade. Constate o seu progresso: o que falta estudar e o que já estudou. O acompanhamento do seu rendimento é muito importante para a sua motivação.
Quanto tempo estudar por dia?Estude no tempo que tiver disponível, no local que puder estudar. Não há um tempo mínimo necessário e que garanta a aprovação. O importante é que faça um estudo consciente e eficiente. Não determine seus estudos somente pelo relógio. Antes de passar para outra matéria, verifique se aprendeu: resolva, sem consultar, algumas questões do assunto que estudou e verifique quantos acertos conseguiu. Se este número ficou próximo dos 80%, verifique onde errou e siga em frente. Se o número de acertos ficou longe dos 80%, estude mais a matéria. Nas questões para verificação, dê preferência a questões de concursos anteriores.
Estude em um local tranquilo.Sempre que puder, dê preferências a lugares tranquilos para estudar, onde não tenha interrupções.  Nestas condições, a concentração e o rendimento dos estudos serão maiores. As bibliotecas são boas opções de estudos.
Como memorizar a matéria?Gravações de áudio. Há pessoas que têm mais facilidade para memorizar o que ouve. São aquelas que costumam falar em voz alta para memorizar um assunto. São as chamadas auditivas. Uma técnica de memorização, em especial para as pessoas auditivas, consiste em gravar o conteúdo a ser memorizado e, a seguir, ouví-lo repetidas vezes. Ao contrário do pensamento de muitos, a gravação de uma aula tradicional, não será um material eficiente para a memorização. Na aula, o professor escreve, aponta na lousa, faz gestos, responde a perguntas de outros alunos que não serão gravadas. A forma mais eficiente para este método é quando o próprio candidato faz a gravação do material a ser memorizado.
Perguntas e respostas. Esta é uma técnica muito eficiente de memorização.  Neste método, durante o estudo de uma disciplina, o candito elabora em um caderno (ou em outro meio que preferir) perguntas diretas sobre o assunto.  A seguir, em outro lugar, escreve as respectivas respostas. Depois, todos os dias, o estudante lê as perguntas e responde (se tiver dúvidas, consulte as respostas). A cada dia, todas as perguntas daquela disciplina deverão ser respondidas, desta forma, no final dos estudos, toda a disciplina será memorizada. Se preferir, grave as perguntas e ouça quando e onde puder (caminhando, no carro, ônibus, metrô.....)
Fichas de resumos. Também é uma técnica de estudos eficiente, conhecida por alguns como mapa mental. Nesta técnica, o candidato elabora fichas (podem ser em cartões, folhas, cadernos, no computador...) de cada assunto da discplina que estiver estudando. Não se trata de resumo, são fichas pessoais, que muitas vezes, somente o estudante entenderá.  Uma definição pode ser resumida em uma única palavra, figura ou em um símbolo. Poderá ser colorido, em uma única cor, enfim, ao gosto de quem faz. A ideia é que, ao ler estas palavras ou ao ver os desenhos ou símbolos, o estudante lembrará de toda a teoria que estudou quando elaborou aquela ficha. Por isto, é direferente de um resumo. Se um aluno estuda um resumo elaborado por outra pessoa, conseguirá aprender somente aquele conteúdo. Quando se estuda uma ficha do assunto, o estudante lembrará de boa parte do conteúdo estudado de uma maneira muito rápida. Como no método de perguntas e respostas, deve-se revisar as fichas diariamente para que toda a disciplina seja memorizada.
Bons estudos e sucesso na carreira pública.
Carlos Alberto De Lucca é professor e desde 1979 prepara candidatos para concursos públicos. cdelucca@uol.com.br .

Comentários

Mais Lidas