Você contra o mundo

De fato, a preparação para concurso é um ato solitário mesmo com o apoio de alguns amigos ou familiares. É uma decisão corajosa, pois, o estudante investirá tempo e dinheiro, com o risco de não conseguir ser aprovado.

Redação
Publicado em 23/04/2012, às 15h26

De Lucca
Um leitor da coluna escreveu-me descrevendo, entre outros assuntos, a sensação que um candidato a ingressar na carreira pública, que achei muito interessante: você contra o mundo.
De fato, a preparação para concurso é um ato solitário mesmo com o apoio de alguns amigos ou familiares. É uma decisão corajosa, pois, o estudante investirá tempo e dinheiro, com o risco de não conseguir ser aprovado. Em compensação, se tiver disciplina e dedicação, certamente conquistará a tão sonhada vaga na carreira pública, juntos com todos os benefícios como a estabilidade. Então, se você é um dos que decidiram passar em um concurso público, seguem algumas dicas:
1. Comente a sua decisão somente com algumas pessoas. A preparação para concursos é uma decisão individual. Nada de vestir uma camiseta com a inscrição: “Estou estudando para concursos”. Você estará sujeito a ouvir comentários do tipo: “mas é tão difícil...”, “ouvi falar que é tudo marmelada...”, ou talvez o pior deles: “tenho certeza que será aprovado, você é tão inteligente...” geralmente, dito pela mãe, ignorando a quantidade de candidatos que disputa cada vaga. Costumo brincar com meus alunos para comentar que está estudando para concursos somente com aquela pessoa que você tem que explicar onde você está indo todos os dias. A sugestão é revelar o seu projeto somente com aqueles que te ajudarão e não te pressionarão a ser aprovado, como, por exemplo, algum amigo ou parente que ingressou na carreira pública.
2. Escolha uma carreira pública. Cada concurso tem um grupo de matérias para estudar que podem mudar muito de carreira para carreira.  Assim, é importante escolher um cargo para a preparação e estudar, antes do edital, somente as matérias básicas. A carreira deve ser escolhida também em função da quantidade de matérias para ingressar no concurso. Se desejar ingressar logo na carreira pública, escolha um cargo com um número menor de matérias. Uma vez aprovado, comece a trabalhar e continue estudando para ingressar na carreira de seus sonhos.
3. Fique atento aos concursos que surgirem. Mesmo tendo optado por uma carreira, poderá aparecer outra com disciplinas muito parecidas que oferece condições similares ou até melhores do que o cargo que escolheu inicialmente.
4. Siga os bons exemplos. Apesar de ser uma decisão individual, lembre-se que muitos já fizeram esta opção e hoje são funcionários públicos concursados. Basta lembrar-se dos que trabalham em órgãos públicos como nas escolas, universidades, tribunais, hospitais e em muitos outros locais. Todos encararam e venceram este desafio.
5. Mantenha o foco. Para ter vontade de estudar, lembre-se sempre dos motivos que te levaram a escolher carreira pública.  Por exemplo: faça um cartaz escrevendo o salário e a palavra estabilidade e coloque-o próximo ao seu local de estudos.
6. Organize seu tempo de estudos e descanso. É fundamental organizar o seu tempo de estudo e de descanso. Verifique periodicamente o seu planejamento do tempo de estudos e, se necessário, faça uma nova programação mais adequada à sua realidade. Constate o seu progresso: o que falta estudar e o que já estudou. O acompanhamento do seu rendimento é muito importante para a sua motivação.
7. Estude em um local tranquilo. Sempre que puder, dê preferências a lugares tranquilos para estudar, onde não tenha interrupções. Nestas condições, a concentração e o rendimento dos estudos serão maiores. As bibliotecas são boas opções.
Bons estudos e sucesso na carreira pública.
Carlos Alberto De Lucca é professor e desde 1979 prepara candidatos para concursos públicos. cdelucca@uol.com.br.

Comentários

Mais Lidas