Aprovados, fiquem atentos às nomeações

A melhor forma de se acompanhar as nomeações é ligar pelo menos uma vez por mês para o setor de Recursos Humanos do órgão.

Redação
Publicado em 14/02/2012, às 16h01

Paulo de Freitas
Na semana passada eu recebi um e-mail de um leitor que solicitava informações sobre o concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas). Resumindo, este leitor queria saber se o último concurso havia sido prorrogado e se ele tinha alguma chance de ser chamado no período de prorrogação. O que me chamou a atenção é que ele não sabia ao certo sua colocação no concurso e pedia dicas de como ter acesso às convocações dos aprovados.
Coincidentemente, na mesma semana eu li um projeto de lei de um vereador do interior de São Paulo que propunha que os órgãos públicos de seu município fossem obrigados a convocar os candidatos aprovados em concursos via Correios, por meio de carta registrada. Em sua justificativa, o vereador afirmou que recebia diversas reclamações de pessoas que não souberam que foram convocadas e perderam a vaga.
Ocorre que, na maioria dos casos, a convocação dos aprovados é publicada no Diário Oficial do Município ou em jornal local de grande circulação, quando não existe publicação oficial na cidade. É fato que a maioria dos candidatos não tem acesso fácil ao Diário Oficial ou não costuma ler jornais diariamente. Outro fator que deve ser levado em conta é que muitos candidatos não moram na cidade onde prestaram concurso. Isso dificulta ainda mais o acesso às informações. 
É claro que, atualmente, a internet tem ajudado muito e os candidatos podem acompanhar as nomeações no site do órgão público que promoveu o concurso. No entanto, nem sempre isso funciona porque nem todas as pessoas têm acesso à internet. Muitos sites também não têm atualização frequente, o que pode comprometer o prazo para o candidato se apresentar. 
É bom lembrar que o candidato tem 30 dias, contados da nomeação, para assumir o cargo. Passado esse prazo, ele é automaticamente excluído do concurso. Isso aconteceu comigo há alguns anos. Prestei um concurso para fiscal municipal em Guararema, interior de São Paulo. O certame oferecia apenas três vagas e fui o 10º colocado. Um belo dia, navegando pelo site da Prefeitura, descobri que haviam chamado o 11º aprovado. Quando liguei para o Departamento de Pessoal, me disseram que minha convocação tinha sido publicada em um jornal da região e, como não me apresentei no tempo hábil, chamaram o próximo da lista.
Meu objetivo em trazer as informações acima é alertar os candidatos aprovados em concursos públicos a ficarem atentos às convocações. A melhor forma de se acompanhar as nomeações é ligar pelo menos uma vez por mês para o setor de Recursos Humanos do órgão. Isso deve ser feito principalmente por aqueles candidatos que não ficaram entre os aprovados dentro do número de vagas ofertadas pelo certame, mas que tiveram uma boa colocação.
Todos nós sabemos o quanto é difícil alcançar a aprovação em concursos públicos. Além do tempo e dinheiro investidos, os candidatos são obrigados a enfrentar a concorrência acirrada. Superado todos estes obstáculos, a recompensa vem com a aprovação. Por isso, fique muito atento. Não dá para vacilar, deixando a vaga escapar por não acompanhar devidamente as nomeações. 
Paulo de Freitas é jornalista e funcionário público. Tem mais de 13 anos de experiência na área de concursos públicos. E-mail: paulokassaco@ig.com.br.

Comentários

Mais Lidas