Orientações para provas de múltipla escolha

Dependendo do concurso, todas as provas serão no sistema de múltipla escolha. Em alguns, o provão é de múltipla escolha e as demais fases no sistema de provas dissertativas.

Redação
Publicado em 30/09/2011, às 15h20

Dependendo do concurso, todas as provas serão no sistema de múltipla escolha.Em alguns, o provão é de múltipla escolha e as demais fases no sistema de provas dissertativas. REALIZAÇÃOSe quiser, dê uma primeira lida na prova. Às vezes, por serem longas, estas provas não permitem uma primeira leitura completa. Se isso ocorrer, faça apenas a leitura rápida. É importante não “carimbar” as perguntas com respostas rápidas (em geral erradas) ou um “não sei” nas questões. Apenas leia a prova.
Você deve fazer a prova por matérias, com mais de uma passada em cada.Escolha primeiro as matérias em que você está melhor preparado, onde tem mais facilidade. Você vai dar duas “passadas” pelas questões dessa matéria, ou seja, irá do início ao final delas duas vezes.
Na 1ª passada, faça as questões mais fáceis e deixe as mais difíceis para a 2ª passada.Na 2ª passada, faça as difíceis. Se não souber, responda (“chute”) com consciência. Após a 2ª passada, vá para a nova matéria e utilize o recurso das duas passadas.
Não é produtivo fazer as 1ª e 2ª passadas em toda a prova. É melhor fazer por matéria, porquanto você mantém seu cérebro e sua memória direcionados para um mesmo assunto.Quando você chutar, faça um símbolo para chute ao lado da questão. Depois de fazer todas as matérias (ou seja, de acertar as fáceis e chutar todas as outras), aí volte para revisar os chutes ou tentar pensar mais na questão. O símbolo pode ser uma bola ou você circundar a questão com a caneta ou lápis.
Nunca fique – como pode acontecer – uma eternidade em cima de uma questão que não sabe. Respostas não caem do céu e você ficar ali gastando um tempo enorme não resolverá o problema e, pior, só vai esquentar ainda mais sua cabeça. Se a questão for difícil, pule-a na 1ª passada. Na 2ª passada raciocine mais; se estiver gastando muito, chute. Depois de fazer todas as outras, aí sim você volta para as “chutadas”.
Se não estiver lembrando a resposta na 1ª passada, pule. Na 2ª passada, marque a que parecer mais correta e mande uma ordem e imagem cerebral para que você se recorde. Enquanto estiver fazendo as demais questões, seu cérebro terá um pouco de tempo para achar a resposta nos seus arquivos. Isso acontece com os números dos telefones que queremos lembrar e também nas provas. É só dar um tempo. Só que não o perca parado e estressando-se: faça as outras questões e volte depois de terminar a prova toda, se sobrar tempo.
Em resumo, ao fazer cada uma das matérias:a) Comece pelas mais fáceis. Ao fazer e responder faça um “X” bem grande no enunciado para não correr o risco de começar a lê-la na 2ª passada. Coloque o gabarito correto ao lado dela.b) Pule as difíceis, dizendo apenas que vai fazer depois, na 2ª passada. Não diga a si mesmo que “não sabe”. É melhor você dizer que vai lembrar do assunto e rapidamente visualizar isso na mente.c) Na 2ª passada, pense mais um pouco e, se não lembrar mesmo, chute com consciência.Leia bem o enunciado de cada questão. Veja se é para marcar a certa ou a errada, se o enunciado diz que apenas uma está certa, etc. Tem gente que erra porque não atenta para isso.
William Douglas é juiz federal, professor, escritor, "guru dos concursos", especialista em políticas públicas, www.williamdouglas.com.br

Comentários

Mais Lidas