Tudo Sobre

Concurso Resultado da Enquete

Cespe e Vunesp têm as provas mais complexas

Perguntamos qual é a organizadora que faz as provas mais trabalhaosas



Redação
Publicado em 23/01/2009, às 15h21

Nossa última enquete foi voltada aos concurseiros que estão acostumados a enfrentar as mais diversas seleções. Será que existe muita diferença entre as provas de cada organizadora? De acordo com os internautas, existe, sim. E, para eles, as empresas organizadoras que elaboram os exames mais complexos são a Fundação Vunesp e o Cespe/UnB, que ganharam a votação com larga vantagem sobre o segundo colocado – no caso, a Escola de Administração Fazendária (Esaf), com 11% dos votos.

O que nos chama a atenção nesta enquete, que recebeu mais de 22 mil votos, é que apenas 2,26% dos candidatos acha que não há grande diferença entre as organizadoras. Ou seja, mais de 97% acredita que determinada empresa tem as provas mais trabalhosas que outras.

Pensando nessa disparidade, elaboramos uma matéria especial sobre a questão, a qual aborda as principais diferenças nas provas das maiores organizadoras do Brasil. Para tanto, conversamos com especialistas de cursinhos e candidatos com vasta experiência em concursos.

Quer saber como se preparar melhor para cada concurso, tendo como base o estilo da empresa que organiza as provas? Então, não perca a edição impressa do JC&E, nas bancas a partir deste sábado, dia 24 de janeiro.

Na sua opinião, qual organizadora tem as provas mais complexas?


Vunesp

(7329 Votos) 32,65%

Esaf

(2506 Votos) 11,16%

Outra

(324 Votos) 1,44%

Cespe/UnB

(7273 Votos) 32,40%

Carlos Chagas

(2038 Votos) 9,08%

Cesgranrio

(1472 Votos) 6,56%

Cetro

(998 Votos) 4,45%

Não há muita diferença

(507 Votos) 2,26%

Total:

22447 Votos

Nova enquete

Por conta da polêmica que corre em torno do concurso de investigador da Polícia Civil de São Paulo, que reprovou mais de 99% dos candidatos na prova objetiva, perguntamos a opinião dos leitores sobre o caso. O concurso deve ser cancelado? A Polícia deve realizar uma nova prova?

A questão é delicada e extremamente relevante, uma vez que o concurso visa preencher 1.449 vagas e somente 390 candidatos foram aprovados na prova objetiva. Será que o concurso seguirá normalmente e São Paulo terá menos de um terço da quantidade prevista de investigadores ?

Por enquanto, o órgão afirma que a seleção continua e que não há previsão da data da prova de escrivão, a qual abordará o mesmo conteúdo da avaliação de investigador. Ficaremos atentos ao caso e as novidades serão prontamente publicadas tanto no site quanto na versão impressa do JC&E.

+ Resumo do Concurso Resultado da Enquete

Resultado da Enquete
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda do Concurso

23/01/2010 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas