Concurso Adasa DF: nomeada comissão para acompanhar contrato da banca

Concurso da Adasa DF (Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal) terá 75 oportunidades para carreiras com exigências de níveis médio e superior. Até R$ 8.400. Edital em março

Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 13/02/2020, às 10h35 - Atualizado às 15h06

Concurso Adasa DF: sede da Adasa DF
Google Maps

A publicação do edital do aguardado concurso Adasa DF   (Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal) está confirmada para ocorrer em março. De acordo com a autorização do certame, a liberação deve ocorrer ainda no início do mês, até o dia 9. A agência já conta, inclusive, com contrato assinado com a banca, que será  o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), escolhida em novembro. Agora, o diretor-presidente do órgão, Paulo Salles, divulgou, nesta quinta-feira, 13 de fevereiro, a portaria 14, que constitui uma comissão específica responsável pelo acompanhamento do contrato. Este deve ser um dos últimos procedimentos antes do início da seleção. Com isto, os interessados devem ficar de sobreaviso

O concurso conta com 75 oportunidades, sendo 25 para preenchimento imediato e 50 para formar cadastro reserva de pessoal. Do total, 21 serão para quem possui ensino médio e 54 para nível superior.  

O concurso vem sendo aguardado desde  20 de dezembro de 2013, quando o então governador  Agnelo Queiroz,   sancionou a Lei 5.427, que cria 143 vagas para preenchimento  por meio de concurso público.

A seleção contará com 21 vagas para o cargo de técnico de regulação de serviços públicos, que pede apenas ensino médio, sendo 7 para preenchimento imediato e 14 para formar cadastro reserva de pessoal. Também serão oferecidas 54 postos para regulador de serviços públicos, de nível superior, sendo 18 imediatas e 36 para cadastro reserva de pessoal.

Os salários iniciais são de R$ 3.650 para técnicos e R$ 8.400 para reguladores, todos com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

A comissão é presidida pelo servidor Denniz Monteiro de B. Queiroz do Valle e conta, ainda, com os seguintes membros: Ivan Pereira Prado, Augusta Gonçalves de Oliveira Dantas, Fusao Nishiyama e Gustavo Antonio Carneiro.

A nova comissão, responsável pelo acompanhamento do contrato com a banca, conta, além dos membros da comissão original, com o servidor Eduardo Lobato Botelho, além de dois suplentes: Hudson Rocha de Oliveira e César Augusto Cunha Campos.

A oferta é bem menor que o número de vagas criado pela lei, que conta com 143 postos, sendo 25 para técnico, 110 para regulador e oito para advogados. 

No concurso Adasa DF, para regulador é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área ou áreas específicas indicadas no edital, com registro no respectivo conselho de classe, dependendo da área.  

Concurso Adasa DF 2019 - Conheça os complementos

No concurso Adasa DF, além da remuneração inicial, no caso de regulador, os servidores contam com a gratificação pela execução de atividades de regulação de serviços públicos, que pode corresponder a   um aumento de até 30% no salário, sendo até 20% em função de conceitos obtidos anualmente na avaliação individual de competências e desempenho ou competências e resultados; e até 15% em função do desempenho institucional anual, correspondente   ao resultado obtido na consecução de metas institucionais.

Concurso Adasa DF 2019 - Veja plano de carreiras

No concurso Adasa DF, os cargos contam  com plano de carreiras, composto de quadro classes e cinco padrões cada. A mudança de um padrão para o seguinte, na mesma classe, chamada de progressão, ocorre automaticamente a cada ano. Já a promoção,que corresponde à mudança do último padrão de uma classe para o primeiro da classe seguinte, ocorrerá mediante avaliação de desempenho,   desde que o servidor esteja há, no mínimo,   um ano no último padrão da respectiva classe. Para os veteranos, no topo da carreira, a remuneração chega a R$ 6.504,32 para os técnicos e R$ 14.952,47 para advogados e reguladores.

Concurso Adasa DF 2019 - Como serão as provas

No concurso Adasa DF, o processo de seleção para técnicos e reguladores será composto de provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos, prova discursiva, avaliação de títulos e curso de formação. Durante o curso, os candidatos receberão 50% do valor do salário inicial.

Prova anterior para ADASA (DF) 

Para auxiliar nos estudos, o JC Concursos liberou provas de diversos níveis escolares, além dos gabaritos para consulta das questões aplicadas. Verifique se a organizadora será a mesma para o novo processo de seleção, direcionando assim, seu estudo para o estilo da banca.

concursosconcursos df (distrito federal)concursos 2020provas anteriores

Comentários

Mais Lidas