Tudo Sobre

Concurso ANM 2020

Notícia em primeiro lugar

Concurso ANM: Definida banca para novo edital

Concurso ANM (Agência Nacional de Mineração) terá 40 vagas para contratos temporários para o cargo de técnico em segurança de barragens. Inicial de R$ 8,3 mil



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 23/12/2020, às 04h25 - Atualizado às 14h28

Concurso ANM: trator escavando
Divulgação

O novo  concurso ANM (Agência Nacional de Mineração) , autorizado em 24 de novembro, em portaria conjunta do Ministério da Economia e Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, já conta com banca organizadora definida. De acordo com publicação em diário oficial da União desta quarta-feira, 23 de dezembro, a responsável pela elaboração e aplicação das provas será o Cebraspe, selecionado pelo critério de dispensa de licitação.  Com isto, o próximo passo é a assinatura do contrato, para que o edital de abertura de inscrições possa ser efetivamente publicado. Novas informações devem ser confirmdas em breve.

Ao todo serão oferecidas 40 postos temporárias para o cargo de  técnico de segurança de barragens de minerações. Para concorrer ao cargo deverá ser exigida formação de  nível superior e experiência anterior de cinco anos, também sendo aceitos mestrado ou doutorado. O inicial é de R$ 8.300.

De acordo com a autorização do certame, o prazo de publicação do edital vai até maio de 2021, mas com a escolha da empresa, a tendência é de que a liberação ocorra muito antes disso,ainda no início do ano.

A distribuição de vagas por estados, já definida, será feita da seguinte forma: São Paulo (3), Minas Gerais (15), Pará (7), Mato Grosso (4), Bahia (2), Distrito Federal (7) e Santa Catarina (2).

De acordo com a autorização, a duração dos contratos com os aprovados no certame será de até quatro anos  

Concurso ANM: saiba como foi a última seleção

O último concurso ANM ocorreu em 2020,  para contratação de pessoal em caráter comissionado. Ao todo foram oferecidas 6 vagas,  para superintendente de produção mineral (Brasília); gerente regional da Bahia (Salvador); gerente regional do Espírito Santo (Vitória); gerente de regulação (Brasília); gerente de tecnologia, gestão e suporte à informação (Brasília); auditor-chefe (Brasília). 

As remunerações oferecidas variaram de R$ 3.314,30 a R$ 13.945,71 por mês e a análise dos candidatos foi feita por meio de análise de currículo

concursosconcursos 2021concursos federaisprovas anteriores

Comentários

Mais Lidas