Previsão é de 300 vagas

Aprovado o projeto básico do concurso Assembleia AP 2019

Sem realizar concurso desde 1992, o novo concurso público da Assembleia Legislativa do Amapá deverá contar com oportunidades para diversos cargos

Fernando Cezar Alves
Publicado em 29/05/2019, às 11h38 - Atualizado em 18/06/2019, às 19h09

Plenário da Assembleia do Amapá
Divulgação

O presidente da Alap (Assembleia Legislativa do Amapá), Kaká Barbosa (PR), aprovou, na última terça-feira, 28 de maio, o projeto básico do concurso público 2019 da casa. Com isto, a comissão organizadora já pode iniciar o processo de escolha da banca organizadora, que deve ser anunciada em breve. De acordo com informações da assessoria de imprensa da assembleia, a publicação do edital de abertura de inscrições deve ocorrer entre o final de junho e início de julho.   

Embora a oferta de vagas, bem como respectivos cargos e exigências, ainda não esteja confirmada, a expectativa é de que sejam oferecidas aproximadamente 300 oportunidades, para cargos de técnicos e outras funções. 

A comissão é presidida pelo deputado Paulo Lemos (Psol) e conta, ainda, com os seguintes servidores: Cézar Souza de Melo, Gracilene Dias de Sá Feio e Eugênio Carlos Santos Fonseca.

A expectativa é de que das 300 vagas previstas para o concurso, sejam oferecidas pelo menos 60 para a polícia legislativa, para que a Polícia Militar deixe de atuar no local, uma vez que o quadro de policial legislativo já existe, mas nunca foi ocupado.

Também são previstas oportunidades para os cargos de contador, assessor parlamentar, assessor jurídico, analistas e técnicos.   

Este será o segundo concurso público da Assembleia. O último ocorreu em 1992, um ano após a instalação do parlamento estadual.  

Atualmente, a Assembleia possui menos de 120 servidores efetivos, o que representa apenas 10% do total de cargos existentes.

Material de estudo para o concurso


Quem busca se preparar para o concurso Alap pode estudar através de apostilas especializadas, além de cursos online e presenciais ou assinaturas para acesso ilimitado.

Vale ressaltar que, antes de iniciar os estudos, é importante ver se o conteúdo programático está de acordo com o novo edital ou, caso ele ainda não tenha sido divulgado, se está elaborado com base no conteúdo programático do último edital publicado pela Alap, desde que a organizadora seja a mesma do novo concurso.

Existem bancas examinadoras que aplicam diferentes critérios, como questões de múltipla escolha, caráter eliminatório ou certo/errado. Portanto, a atenção aos detalhes é fundamental para o seu melhor rendimento no processo de seleção. Também fique atento aos diferenciais oferecidos, a quem são os professores e os materiais de apoio disponibilizados. 

Os professores especializados em concursos costumam dizer que estudar com provas anteriores é sempre uma ótima opção para ganhar experiência e conhecer o estilo de prova da organizadora.

Prova anterior para Alap 2019 (AP) 

Para auxiliar nos estudos, o JC Concursos liberou provas de diversos níveis escolares, além dos gabaritos para consulta das questões aplicadas. Verifique se a organizadora será a mesma para o novo processo de seleção, direcionando assim, seu estudo para o estilo da banca.

Mais Lidas